Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.219,33
    -434,88 (-1,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Apple Watch 6 vs. Galaxy Watch 4 | Qual é o melhor smartwatch?

·12 minuto de leitura

Apple Watch, Samsung Galaxy Watch, Xiaomi Mi Watch, Huami Amazfit, Garmin VivoActive e tantos outros watches disputam com as mais variadas tecnologias e designs para ficar entre os mais vendidos da categoria. Contudo, mesmo modelos de preços bem chamativos não vendem tanto como Apple Watch e Samsung Galaxy Watch.

E quando temos o lançamento de novos produtos das “donas do pedaço” pintam dúvidas de qual dispositivo vai se sobressair e vale a pena para você. Este é justamente o caso nesta época do ano, em que temos o novo Samsung Galaxy Watch 4 e Galaxy Watch 4 Classic como novas e atraentes opções para o consumidor que busca relógios com as tecnologias mais modernas.

Além disso, estamos há pouco menos de um mês do possível lançamento de um novo Apple Watch (ou novos, caso a marca anuncie uma nova versão do SE, o que é pouco provável, mas não impossível). Seja como for, até esta data – e mesmo depois disso –, uma dúvida vai ficar: afinal, é melhor pegar o Galaxy Watch 4 ou o Apple Watch 6?

Assim como acontece no mundo dos smartphones, a guerra entre relógios espertos também é um tanto complicada, pois cada modelo tem seus prós e contras. Dessa forma, não há uma resposta definitiva para tal questão, mas nós vamos separar alguns argumentos que podem facilitar sua escolha entre o Apple Watch e o Galaxy Watch. Sem perder tempo, vamos lá!

Galaxy Watch 4 ou Apple Watch 6: qual tem melhor desempenho?

Os smartwatches evoluíram muito e trazem hardwares cada vez mais poderosos. Em questão de especificações, os mais recentes relógios da Samsung e Apple praticamente empatam. O Galaxy Watch 4 usa o chipset Exyno W920, com CPU de dois núcleos que roda a 1,18 GHz. Trata-se do primeiro chip Samsung com litografia de 5 nanômetros, o que pode ser ótimo para poupar energia, sem perder performance.

Já o Apple Watch 6 conta com o processador Apple S6, que, segundo a fabricante, é cerca de 20% melhor do que o Apple S5 (que é usado no Apple Watch 5 e no Apple Watch SE). O Apple S6 também é um chipset dual-core, mas sua frequência é de 1,8 GHz. Apesar dos dados serem mais impressionantes no produto da Apple, uma comparação baseada apenas nestes números é complicada, já que são chips bem diferentes.

Tão importante quanto o processador é a memória RAM dos smartwatches. Neste quesito o Galaxy Watch 4 sai na frente por ter mais espaço para dados temporários, já que ele conta com generosos 1,5 GB de memória RAM. O Apple Watch 6 tem 1 GB de memória RAM, porém isto não significa que ele tem desempenho pior, apenas que tal limitação pode impor algumas restrições em determinadas situações – ou não, vamos esclarecer isso!

A grande verdade é que a performance não depende apenas de números, mas da otimização dos sistemas operacionais no uso dos recursos. Sendo um usuário do Apple Watch e tendo feito o review recentemente do Galaxy Watch 4, eu posso afirmar sem sombra de dúvidas que o smartwatch da Apple tem uma performance muito melhor em vários sentidos, sendo visível para qualquer um que ele é um produto mais preparado.

A primeira coisa importante a esclarecer nesse sentido é que o Apple Watch 6 não é um smartwatch que começou sua jornada agora, aliás, muito pelo contrário, ele é literalmente o sexto grande modelo da Apple, sendo que a fabricante veio aperfeiçoando seu produto ao longo dos últimos 6 anos. Basicamente, o WatchOS já está muito lapidado e sabe aproveitar todo o potencial do processador que foi projetado especificamente para o relógio.

Assim, todas as animações, as transições, o multitarefa, as múltiplas faces, bem como o registro de exercícios físicos funcionam sem qualquer atraso. É praticamente impossível se deparar com algum engasgo no Apple Watch 6. E você pode perguntar para qualquer especialista ou para um amigo que tenha este relógio, ele é realmente muito otimizado e não desagrada em nenhum aspecto do ponto de vista de performance.

Imagem: Divulgação/Apple
Imagem: Divulgação/Apple

A memória RAM de 1 GB não é algo que limita o potencial do Apple Watch 6, já que, novamente, o sistema sabe otimizar os recursos e lida muito bem com dezenas de apps abertos em paralelo. Aliás, a Apple nem mesmo fornece um monitor de atividades, porque a ideia é entregar uma experiência excelente sem que o usuário tenha que se preocupar com recursos escassos.

O Galaxy Watch 4, por outro lado, é um relógio que está em sua primeira versão, isso porque apesar de ele ser o quarto grande lançamento dos relógios Samsung, ele é o primeiro da marca a usar o novo sistema WearOS (da Google) com interface One UI Watch 3 da Samsung. Dessa forma, o novo processador e a memória exagerada não são sinônimos de uma performance fantástica, já que a fabricante teve de adaptar o produto aos requisitos do sistema.

Conforme eu comentei no review do Galaxy Watch 4, o desempenho é muito bom, mas as transições e a troca de apps não são tão suaves. Há algumas situações em que objetos 3D podem ter pequenos engasgos nas animações, como no caso do uso da face Emoji AR, em que personagens 3D usam todo o poder chip gráfico. Não se trata de um problema grave, mas digamos que ainda falta uma leve otimização aqui e ali.

Imagem: Ivo/Canaltech
Imagem: Ivo/Canaltech

Sobre a memória RAM, é importante notar que apesar de a especificação oficial ser de 1,5 GB, na prática, vemos apenas 1,35 GB disponíveis (é possível conferir o consumo através do app Galaxy Wearable, que funciona no smartphone). Mesmo com poucos apps abertos, a interface personalizada e a falta de otimização de alguns apps pode pesar para o relógio, já que vimos quase 1 GB em uso, o que sugere que ele pode chegar ao limite com rapidez.

Na prática, ambos oferecem experiências satisfatórias, mas por ser um produto já consolidado e com um sistema mais maduro, o Apple Watch 6 tende a oferecer um desempenho mais eficiente em todas as situações, inclusive na integração com apps do iPhone, o que é ótimo para controlar outros equipamentos do ecossistema, gerenciar dispositivos inteligentes (como lâmpadas, caixas de som ou até a Apple TV) e usar a Siri para múltiplas situações.

Apple Watch 6 ou Galaxy Watch 4: qual tem mais apps disponíveis?

Quando o assunto é variedade de softwares, o Apple Watch 6 sai na frente. Novamente, por ser um produto com mais tempo de mercado e por não ter mudado seu sistema operacional de forma radical, o relógio da Apple tem uma coleção de aplicativos imbatível, sendo que a grande maioria é otimizada e o usuário nem sequer precisa buscar os apps, pois ao instalar um programa no iPhone, a versão para relógios já é transferida para o Apple Watch.

Novamente, o grande empecilho para o Galaxy Watch 4 nesta briga é que ele é o primeiro relógio da Samsung com o novo sistema WearOS. Desta forma, alguns apps do Galaxy Watch 3 (que usava o Tizen OS) podem não estar disponíveis. A verdade é que o WearOS pode até ter mais apps, porém a compatibilidade não é sempre garantida, já que é preciso otimizar os programas e fazer ajustes para que eles operem junto com a interface do Galaxy Watch 4.

Imagem: Reprodução/Apple
Imagem: Reprodução/Apple

O Galaxy Watch 4 supera seus antecessores por já trazer alguns programas oficiais da Google, como o YouTube Music e o Google Maps. No entanto, este não é um recurso exclusivo do produto da Samsung, já que o Apple Watch 6 tem o YouTube Music, o Spotify, o Deezer, o Tidal e o Apple Music. É verdade que o Galaxy Watch 4 deve receber mais apps com o passar do tempo, porém, de momento, ele pode não ter os seus apps favoritos.

Caso você esteja se perguntando o porquê de a Google colocar seus apps no Apple Watch 6 ou mesmo a razão para outras tantas desenvolvedoras priorizarem o produto da Apple, a resposta é bem simples: o Apple Watch tem uma das maiores bases de usuários do mundo, já que até mesmo o Apple Watch 3 ainda roda bem os apps e pode ser uma forma de popularizar os softwares para as desenvolvedoras.

Galaxy Watch 4 vs Apple Watch 6: qual é o melhor para exercícios e saúde?

O Galaxy Watch 4 chegou com grandes novidades para quem gosta de usar o smartwatch como um dispositivo de monitoria da saúde. Com o sensor Samsung BioActive, o novo relógio da linha Galaxy tem as seguintes funcionalidades: bioimpedância (BIA), eletrocardiograma (ECG) e pressão arterial (PPG). Tais recursos colocam o produto da Samsung à frente do Apple Watch 6, já que é possível ter mais detalhes sobre o condicionamento físico.

O Apple Watch 6 é um relógio bem completo nesse sentido, sendo que ele foi um dos primeiros a apresentar a possibilidade de medir o nível de oxigênio no sangue (e faz tal função com maestria). Todavia, o produto da Apple não tem a capacidade de medir a bioimpedância (que revela dados como gordura corporal, massa gorda, músculo esquelético e água no corpo).

Imagem: Ivo/Canaltech
Imagem: Ivo/Canaltech

Por outro lado, quando o assunto é um relógio com melhorias para exercícios físicos, o Apple Watch 6 sai na frente, pois tem mais sensores, incluindo bússola e o altímetro sempre ligado, que permite registros mais precisos dos exercícios, pois o relógio detecta até mesmo pequenas alterações de altura durante caminhadas ou escaladas.

Em questão de quantidade de exercícios que podem ser registrados, os dois relógios devem ter as principais opções para quase todos os tipos de atividades. Apesar disso, o Apple Watch 6 é claramente um relógio que incentiva os usuários mais, uma vez que tem até mesmo um sistema de medalhas e recompensas, sendo muito integrado com o app no iPhone para garantir que a pessoa sempre esteja atrás de novas metas.

O Galaxy Watch 4 também tem seus incentivos, algo que vem já do Galaxy Watch Active 2 (que é basicamente o antecessor espiritual do Galaxy Watch 4), porém é um programa que parece mais simples e falo tanto por ter feito o review do produto quanto por ser um usuário do Galaxy Active. Eu inclusive uso mais o Apple Watch por ter esses incentivos adicionais. No entanto, nada impede que o Galaxy melhore nos próximos meses.

Apple Watch 6 vs Galaxy Watch 4: qual tem melhor bateria?

Verdade seja dita: tanto o Galaxy Watch 4 quanto o Apple Watch 6 contam com baterias que são bem fracas e dificilmente chegam a 2 dias completos de utilização. Aliás, falar em 2 dias de uso é quase uma utopia para esses relógios, porque mesmo em estado ocioso, eles quase não passam de 24 horas.

Os dois produtos contam com baterias de baixa capacidade, ainda mais se considerarmos o tanto de sensores que permanecem ativos e consomem energia constantemente. Dessa forma, tanto o Galaxy Watch 4 quanto o Apple Watch 6 devem precisar de cargas diárias, ainda mais se você resolver usar o recurso Always-On, que mantém a tela sempre ligada.

Imagem: Reprodução/Apple
Imagem: Reprodução/Apple

No caso de monitoramento de exercícios, a bateria não apenas cai rapidamente, ela despenca em poucas horas! Seja qual for a sua opção de relógios, eles dificilmente vão conseguir registrar mais do que 3 horas de exercício com músicas tocando via Bluetooth. Esse tempo pode melhorar se você não fizer suas atividades com músicas rolando em segundo plano, mas não espere grandes milagres.

Moral da história: se você quer o melhor smartwatch com bateria de longa duração, você certamente terá que buscar produtos de outras marcas, como os relógios da Garmin, que entregam muitos dias de utilização, porém outros produtos concorrentes não têm os mesmos recursos e variedades de apps.

Qual smartwatch é o melhor para o seu uso?

Conforme vimos, tanto o relógio da Apple quanto o da Samsung são bons aparelhos. No entanto, o Apple Watch 6 promete uma experiência melhor, principalmente por seu um produto com mais tempo de mercado. Apesar disso, ele não necessariamente é o mais recomendado para todo mundo, já que há outros pontos a serem investigados na hora da compra, como a questão da compatibilidade e do preço.

A verdade é que o Apple Watch 6 só funciona com um iPhone, de modo que nem mesmo a configuração inicial pode ser realizada em um aparelho Android. E essa mesma restrição existe do outro lado, sendo que o Galaxy Watch 4 é um smartwatch exclusivo para Android, sendo ainda melhor aproveitado com celulares da Samsung. Isto é totalmente normal, já que cada marca quer manter seus consumidores em seus sistemas.

Assim, a menos que você esteja disposto a trocar o conjunto completo de smartphone e smartwatch, suas opções estarão restritas de acordo com o celular que você utiliza atualmente, ou seja, Apple Watch 6 é o melhor smartwatch para quem usa iPhone e Galaxy Watch 4 é o mais recomendado para os consumidores da Samsung. É claro que no lado Android da força existem outros tantos relógios, mas aí já é tema para outro artigo.

Imagem: Ivo/Canaltech
Imagem: Ivo/Canaltech

Por fim, temos a questão do preço, que separa totalmente esses dois relógios. De um lado, temos o Galaxy Watch 4, recém-anunciado, mas ainda sem preço oficial. Lá fora, ele custa a partir de US$ 250 (pouco mais de R$ 1.300), então podemos esperar um preço acima de R$ 1.500. Já o Apple Watch 6 custa mais de R$ 2.700, o que o coloca num patamar muito superior de preço, sendo a opção premium da Apple.

Vale lembrar que a Samsung ainda tem o Galaxy Watch 4 Classic para quem prefere um visual menos esportivo, sendo este um modelo com coroa física, mas com o mesmo hardware. A versão Classic custa a partir de US$ 350. E é claro que este não é o embate final entre as duas marcas, sendo que em breve teremos o Apple Watch 7 na área, com novidades em design e funcionalidades (o que deve repercutir no preço). E aí, qual é o seu favorito?

Se você ficou interessado no Apple Watch 6, aproveite as ofertas que separamos:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos