Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.438,48
    +2.111,25 (+5,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Apple testou modelo de cerâmica do Apple Watch, dois anos antes de lançamento

·2 minuto de leitura
Apple testou modelo de cerâmica do Apple Watch, dois anos antes de lançamento
Apple testou modelo de cerâmica do Apple Watch, dois anos antes de lançamento

Imagens compartilhadas no Twitter por um colecionador de protótipos conhecido como @DongleBookPro mostram que a Apple chegou a testar, ainda em 2014, um modelo de cerâmica para o Apple Watch. Vale observar que a primeira linha do smartwatch da empresa americana com este tipo de revestimento foi lançado somente dois anos depois, já na segunda geração do dispositivo, a Series 2, com o Apple Watch Edition de cerâmica. Atualmente, os Apple Watches não contam mais com esse material.

As imagens do protótipo de 2014 mostram que a Apple alcançou na época um estágio interessante de desenvolvimento com o Apple Watch em cerâmica. O dispositivo, que já se assemelhava bastante ao modelo da Series 2, vinha com um software interno para fins de teste — meses antes da primeira versão do watchOS —, mas não foi lançado por motivos desconhecidos. Na verdade, a edição especial oferecida pela Apple para a versão original do smartwatch acabou sendo um modelo em ouro de 18 quilates.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Apple parou de lançar modelos de cerâmica em 2020

No tempo de seu lançamento, o primeiro modelo de cerâmica do Apple Watch era vendido por cerca de US$ 1.250 e se apresentava como um produto quatro vezes mais duro que o confeccionado em aço inoxidável, com “acabamento perolado” resistente a raspões e manchas. A partir da terceira geração (Series 3), em 2017, o modelo topo de linha passou a contar com uma versão cinza.

Versão de teste do Apple Watch de cerâmica, produzida em 2014
Versão de teste do Apple Watch de cerâmica, produzida em 2014

Reprodução/DongleBookPro/Twitter

A Apple interrompeu o uso do material para a Series 4, em 2018, mas voltou a usá-lo no ano seguinte, na Series 5, em que foi produzido um smartwatch com cerâmica branca de alta qualidade. Já no ano passado, porém, com a sexta geração, a empresa americana encerrou de vez o Apple Watch especial, apresentando a linha Edition (o nome oficial para este tipo de lançamento) apenas em uma caixa de titânio.

Existe uma expectativa de que a Apple retome a alternância de lançamento ocorrida entre 2017 e 2019 e voltar com a produção do relógio inteligente de cerâmica em 2021. No entanto, até o presente, a empresa americana ainda não deu indícios de que a operação possa acontecer.

Via Macrumors

Imagem: Reprodução/DongleBookPro/Twitter

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos