Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,80
    -0,40 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.823,10
    +9,10 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    30.098,42
    -1.076,08 (-3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    667,04
    +424,36 (+174,87%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.252,00
    +7,25 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2785
    +0,0194 (+0,37%)
     

Apple testa iPhone com carregador USB para atender lei da UE

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Bloomberg) -- A Apple testa futuros modelos de iPhone com conector USB-C, segundo pessoas com conhecimento do assunto, uma medida que pode ajudar a empresa a se adequar a novos regulamentos europeus.

Além de testar modelos com porta USB-C nos últimos meses, a Apple desenvolve um adaptador que permitirá que futuros iPhones funcionem com acessórios projetados para o atual conector Lightning, disseram as pessoas, que pediram para não serem identificadas porque a informação não é pública.

Se a empresa levar a cabo a mudança, ela não ocorreria antes de 2023, no mínimo. A Apple planeja manter o conector Lightning para os novos modelos deste ano.

Ao mudar para o USB-C, a Apple simplificaria a coleção de carregadores usados por seus vários dispositivos. A maioria dos iPads e Macs da empresa já usa USB-C em vez de Lightning. Isso significa que os usuários da Apple não podem usar um único carregador para seus iPhones, iPads e Macs - uma configuração estranha, dada a propensão da Apple à simplicidade. Os carregadores sem fio para iPhone e Apple Watch também usam um conector USB-C para seus blocos de alimentação.

A Apple, com sede em Cupertino, Califórnia, não quis comentar a mudança.

A mudança, prevista pelo analista Ming-Chi Kuo, viria com compensações - e potencialmente criaria confusão para os usuários. Os carregadores USB-C são um pouco maiores que o conector Lightning, mas podem oferecer velocidades de carregamento e transferências de dados mais rápidas. Os novos conectores também seriam compatíveis com muitos carregadores existentes para dispositivos que não são da Apple, como telefones e tablets Android.

Mas a maioria dos acessórios da Apple - incluindo AirPods, o controle remoto da Apple TV, a bateria MagSafe e o carregador MagSafe Duo - ainda usa o Lightning. O adaptador USB-C em desenvolvimento pode mitigar esse problema, mas não está claro se a Apple o incluiria na caixa ou faria os clientes pagarem mais por ele.

Há também uma ampla variedade de acessórios de terceiros, como carregadores, adaptadores de carro e microfones externos, que usam o conector existente. Uma mudança forçaria fornecedores terceirizados a redesenhar seus produtos.

E a mudança diminuiria o controle da Apple sobre o mercado de acessórios para iPhone. A Apple obriga os fabricantes de acessórios a pagar para usar o conector Lightning e participar de um rigoroso processo de aprovação.

O USB-C é um padrão usado por muitos fabricantes de dispositivos de consumo, incluindo a maioria dos fabricantes de telefones Android, tornando menos provável que a Apple possa exercer seu nível usual de controle.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos