Mercado fechado

Apple terá que indenizar cliente após iPhone XR ser danificado por água

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Histórias de iPhones que sobreviveram a grandes quedas ou mergulhos prolongados na água costumam aparecer ao redor do planeta, mas nem todos os clientes têm a mesma sorte. Depois de um iPhone XR ter sido danificado após ser atingido por respingos d’água, a Apple precisará indenizar o dono do aparelho, de acordo com uma decisão determinada na 8ª Vara Cível de Cuiabá (MT).

De acordo com o usuário, o aparelho foi adquirido em 2019, diretamente no site da Apple. Os defeitos — que foram considerados “graves” — começaram a aparecer um ano depois, mesmo que o dispositivo tenha resistência contra água.

iPhone XR traz resistência IP67, mas foi danificado por água (Imagem: Divulgação/Apple)
iPhone XR traz resistência IP67, mas foi danificado por água (Imagem: Divulgação/Apple)

As especificações oficiais do iPhone XR mostram que o smartphone tem certificação IP67, o que garantiria o funcionamento normal do dispositivo mesmo após mergulhos de 30 minutos a um metro de profundidade.

Entretanto, a determinação da magistrada Edna Ederli Coutinho aponta que as especificações técnicas do smartphone garantem o funcionamento após mergulhos de dois metros — o que parece ser uma imprecisão, já que tal resistência é aplicada apenas aos modelos iPhone 11, iPhone XS e iPhone XS Max. De qualquer forma, o aparelho deveria ser resistente a respingos.

A Apple teria negado a assistência técnica do dispositivo, sem considerar o fato de que ele ainda estaria em período de garantia. Segundo os relatos, a empresa teria apenas orientado o cliente a comprar um celular novo.

A reação da marca está de acordo com as suas políticas internas, em que dispositivos danificados pela água não são cobertos pela garantia. A empresa — assim como várias outras — instala pequenos indicadores de contato com líquidos, que mudam de cor caso sejam molhados.

A decisão da magistrada apontou que “as especificações técnicas do dispositivo mostram claramente que ele é a prova d’água”. Por isso, a Apple terá que pagar um valor próximo a R$ 9,6 mil ao cliente, sujeito a alterações por juros e correções monetárias.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos