Mercado fechado

Apple tem aumento de 29% na receita, mas preço das ações da empresa cai

·2 min de leitura

A Apple apresentou, nesta quinta-feira (28), seus resultados para o quarto trimestre fiscal de 2021. A receita atingiu os US$ 83,4 bilhões (R$ 470,4 bilhões), um aumento de 29% em relação ao mesmo período de 2020.

Mesmo assim, as ações da companhia caíram mais de 3% no after market da bolsa de tecnologia Nasdaq. Isso porque o número é inferior às expectativas dos analistas, que estimavam receita de US$ 85,1 bilhões (R$ 480 bilhões). É a primeira vez que a empresa não atinge as expectativas do mercado desde 2018.

Imagem: Divulgação/Apple
Imagem: Divulgação/Apple

Tim Cook, CEO da empresa, diz que a demanda foi muito robusta, mas a restrição na oferta de componentes tiveram impacto negativo de US$ 6 bilhões (R$ 33,8 bilhões) na receita. Ele destaca que, com a pandemia de covid-19, houve “escassez de silício e interrupções de fabricação em toda a indústria”.

O lucro registrado pela empresa no quarto trimestre fiscal de 2021 foi de US$ 20,6 bilhões (R$ 116,2 bilhões) contra os US$ 12,7 bilhões (R$ 71,6 bilhões) alcançados em 2020. Já o preço das ações foi a US$ 1,24 (R$ 7), quando em 2020 era de US$ 0,73 (R$ 4,12). Esses resultados atingiram o esperado pelo mercado.

iPhone lidera receita

Só com o iPhone, a companhia obteve US$ 38,9 bilhões (R$ 219,4 bilhões) em receita, ante US$ 26,4 bilhões (R$ 148,9 bilhões) um ano antes. Especialistas, entretanto, esperavam por US$ 41,2 bilhões (R$ 232,4 bilhões). O novo iPhone 13 foi lançado na última semana do trimestre avaliado.

Imagem: Divulgação/Apple
Imagem: Divulgação/Apple

As vendas de Macs e iPads, entretanto, superaram as projeções: ficaram em US$ 9,2 bilhões (R$ 51,9 bilhões) e US$ 8,3 bilhões (R$ 46,8 bilhões), respectivamente. Esse é mais um efeito da pandemia, mas, desta vez, Positivo. Já os wearables e acessórios venderam US$ 8,8 bilhões (R$ 49,6 bilhões).

No consolidado do ano, a corporação atingiu resultados recordes: foram US$ 365,8 bilhões (R$ 2 trilhões) em receita (uma alta de 33%) e lucro líquido de US$ 94,7 bilhões (R$ 534,1 bilhões) (65% de crescimento). No ano fiscal de 2020, as vendas foram de US$ 274,5 bilhões (R$ 1,5 trilhão) e o lucro líquido chegou a US$ 57,4 bilhões (R$ 323,7 bilhões).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos