Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    -0,08 (-0,12%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    58.096,83
    -762,99 (-1,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +5,75 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3665
    -0,0001 (-0,00%)
     

Apple revela novo iPad Pro e iMacs mais finos com chips próprios

Stephen Nellis
·2 minuto de leitura
Apple

Por Stephen Nellis

(Reuters) - A Apple Inc anunciou nesta terça-feira uma linha decomputadores iMac finos e iPads com vídeo de alta qualidade que usam seus próprios processadores, acelerando sua migração para longe da Intel e mirando o trabalho remoto.

A companhia também apresentou uma série de outros produtos, incluindo as AirTags, dispositivos de rastreamento para encontrar itens perdidos, e os serviços de assinatura de podcasts. As AirTags custarão 29 dólares cada, ou quatro por 99 dólares, enquanto o iMac terá preço inicial de 1.299 dólares. Ambos estarão disponíveis a partir de 30 de abril.

Os computadores iMac mais finos usarão uma unidade de processador central projetada pela Apple e vêm em sete cores, incluindo roxo e verde. Com uma tela de 24 polegadas (61 cm), os iMacs têm apenas 11,5 milímetros de espessura.

Os novos iMacs também apresentam uma câmera frontal de alta qualidade e um conjunto de microfones, respondendo às reclamações dos consumidores durante a pandemia de que as câmeras do computador não acompanharam a qualidade das câmeras de iPhones e iPads da empresa durante uma era de videoconferências.

A Apple lançou novos dispositivos iPad Pro que usam o mesmo chip M1 de seus computadores, em vez de uma versão reforçada de seus chips do iPhone, e portas adicionais para conectar monitores e conectividade 5G, direcionando o dispositivo aos criadores de conteúdo que procuram um dispositivo móvel. A empresa também disse que controllers do PlayStation, da Sony, e do Xbox, da Microsoft, funcionarão com o iPad Pro, mirando gamers com a velocidade e tela do novo dispositivo.

A Apple também anunciou serviços de assinatura dentro do Apple Podcasts, que irão competir com o rival Spotify. Os preços das assinaturas serão definidos pelos criadores e cobrados mensalmente. A empresa cobrará dos criadores 19,99 dólares por ano para manter o programa de podcast.

A set-top box Apple TV também foi atualizada, com uma melhor correção de cores e um chip de processador mais rápido. A nova Apple TV 4K também permitirá aos usuários melhorar a imagem de uma TV usando sensores de luz no iPhone.

A Apple disse que cônjuges e parceiros seriam capazes de compartilhar e fundir linhas de crédito com o Apple Card, que o presidente-executivo da empresa, Tim Cook, descreveu como um importante passo para tornar mais fácil para as pessoas construírem suas pontuações de crédito.

((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447764))

REUTERS IL PAL