Mercado fechará em 6 h 51 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,40
    +1,29 (+1,46%)
     
  • OURO

    1.780,80
    +4,10 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    23.541,46
    -111,14 (-0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    561,57
    -11,25 (-1,96%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.531,02
    +15,27 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.512,00
    +18,75 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2419
    -0,0173 (-0,33%)
     

Apple pretende dar mais espaço para anúncios na App Store

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Apple deve rechear a App Store com mais anúncios em breve. A companhia abrirá espaço para publicidade em mais áreas da loja de aplicativos, incluindo a aba “Hoje” e a seção dedicada a um app específico.

Anúncios na App Store não são novidades: a plataforma já apresenta propaganda na guia de busca e entre os resultados de uma pesquisa. O anúncio de hoje, conforme pontuou o site 9to5Mac, é só a abertura de dois novos espaços dedicados à publicidade, algo que deve atrair maior investimento de anunciantes.

A aba "Hoje" dará ao anúncio enorme visibilidade (Imagem: Ivo Meneghel Jr/ Canaltech)
A aba "Hoje" dará ao anúncio enorme visibilidade (Imagem: Ivo Meneghel Jr/ Canaltech)

Apesar da inclusão de propagandas, a Apple ressalta que a finalidade das abas agora com conteúdo patrocinado seguirá a mesma, portanto usuários não devem sentir tanta diferença na experiência geral. Na aba “Hoje”, os anúncios aparecem logo no segundo espaço da página (posição que deve garantir grande visibilidade para o material). Já o anúncio incluído na página dedicada aos apps ficará no final da seção e poderá convidar usuários para conhecer outros aplicativos.

Determinado por algoritmo

Para evitar disputas desleais na loja, a Apple não permitirá que desenvolvedores escolham apps específicos nos quais desejam divulgar produtos — o Spotify não poderia divulgar o próprio serviço na página do Deezer, por exemplo. Entretanto, a propaganda será exibida com base no conteúdo buscado, então é bastante provável que serviços apareçam nas páginas de seus concorrentes.

“Os anúncios de pesquisa da Apple oferecem oportunidades para desenvolvedores de todos os tamanhos expandirem seus negócios. Assim como nossas outras ofertas de publicidade, esses novos posicionamentos de anúncios são construídos sobre a mesma base: eles conterão apenas conteúdo de páginas de produtos da App Store aprovadas pelos aplicativos e seguirá os mesmos rigorosos padrões de privacidade”, disse a empresa em comunicado.

Os testes com as novas publicidades da App Store deve começar em breve, mas a Apple não deu uma data exata. Provavelmente, as adições devem alcançar os usuários lentamente, à medida que a Maçã percebe que os anúncios não são nocivos para a boa experiência na loja.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos