Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.434,96
    -373,62 (-0,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Apple pode obrigar funcionários a usar câmeras no corpo para evitar vazamentos

·2 minuto de leitura

A Apple surgiu com uma nova forma para impedir que informações sobre seus produtos sejam vazadas antes dos lançamentos, segundo aponta o portal Front Page Tech, criado pelo youtuber Jon Prosser. De acordo com as informações sugeridas pelo site, a fabricante norte-americana pode obrigar que alguns de seus funcionários utilizem uma câmera corporal, agindo de maneira similar ao que vem se tornando comum em ações policiais e/ou militares em vários locais do mundo.

Há alguns dias já vimos que a Apple aumentou os esforços para impedir que detalhes importantes de seus produtos sejam divulgados na internet antes da hora.

A Gigante de Cupertino, inclusive, começou a emitir alertas para que famosos leakers parem de compartilhar rumores sobre seus dispositivos, sob a ameaça de multas. Entre as pessoas que receberam essa notificação está um dos mais confiáveis leakers de assuntos relacionados à marca, o “Kang” da rede social Weibo, além do criador de conceitos Jermaine Smit, do perfil @CConceptCreator no Twitter.

Agora, de acordo com os novos detalhes, a Apple vai “obrigar” que alguns de seus funcionários utilizem as câmeras corporais na empresa para impedir que eles obtenham informações confidenciais que possam ser compartilhadas com leakers. No entanto, não há informações sobre quem, exatamente, deverá utilizar essa “proteção”, mas é provável que se aplique apenas para aqueles que estão ligados diretamente com o desenvolvimento de hardware para os produtos da marca.

Apple quer evitar que novos lançamentos sejam como o iPhone 13, onde praticamente tudo foi vazado meses antes do anúncio (Imagem: Concept Creator/LetsGoDigital)
Apple quer evitar que novos lançamentos sejam como o iPhone 13, onde praticamente tudo foi vazado meses antes do anúncio (Imagem: Concept Creator/LetsGoDigital)

No entanto, não há informações sobre como essa tecnologia será aplicada para impedir que, de fato, algo seja vazado, já que um funcionário pode simplesmente decorar alguma informação de um documento interno para compartilhar com pessoas de fora, mesmo que não tire cópias ou fotografe qualquer informação sigilosa.

Além de supostamente pedir que seus funcionários usem câmeras no corpo e mandar ameaças judiciais para leakers, a Apple também já teria alertado alguns deles sobre possíveis punições caso sejam ligados a qualquer vazamento de produtos da marca.

É importante frisar que, assim como outros rumores que circulam sobre qualquer produto da Apple ou de outras empresas, não há indícios de que, de fato, isso seja verdade e que a fabricante vá "obrigar" que seus funcionários sejam submetidos à essa vigilância toda.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos