Mercado fechará em 5 h 9 min
  • BOVESPA

    101.426,88
    +663,28 (+0,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.530,33
    +235,50 (+0,49%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,98
    +0,41 (+0,37%)
     
  • OURO

    1.821,50
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    20.770,94
    +44,65 (+0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    453,10
    +3,04 (+0,68%)
     
  • S&P500

    3.896,47
    -3,64 (-0,09%)
     
  • DOW JONES

    31.494,38
    +56,12 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.336,51
    +78,19 (+1,08%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.980,75
    -59,75 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4783
    -0,0658 (-1,19%)
     

Apple pode lançar iPad e MacBook com tela OLED fabricada pela Samsung

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Novas informações publicadas pelo site coreano The Elec reforçam que a Apple pode lançar mais produtos com tela OLED nos próximos anos, e a Samsung pode ser uma das principais fornecedoras do display.

Fontes alegam que a Samsung está preparando uma nova linha de produção na Coreia do Sul para fabricar grandes telas OLED para tablets e notebooks, com um objetivo particular de fornecer boa parte destes componentes para a Apple.

Atuais produtos premium da Apple usam telas Mini LED com controle de iluminação por zonas; OLED se destaca pela iluminação individual dos pixels, mas encontra barreira do custo elevado, brilho limitado e menor durabilidade (Imagem: Reprodução/Apple)
Atuais produtos premium da Apple usam telas Mini LED com controle de iluminação por zonas; OLED se destaca pela iluminação individual dos pixels, mas encontra barreira do custo elevado, brilho limitado e menor durabilidade (Imagem: Reprodução/Apple)

O site destaca ainda que a fabricação será da tela OLED com substratos Gen 8.5 (com dimensões de 2200 x 2500 mm) em vez do menor substrato Gen 6 (1500 x 1850 mm) utilizado para smartphones.

A nova linha Gen 8.5 da Samsung Display deve ter produção iniciada em 2024, e a LG também está desenvolvendo maquinário para iniciar a fabricação dos mesmos substratos com objetivo de fornecer telas para a Apple.

iPad Pro pode ter tela OLED em 2024

iPad Pro de 2024 pode iniciar a transição da Apple para uso das telas OLED (Imagem: Victor Carvalho/Canaltech)
iPad Pro de 2024 pode iniciar a transição da Apple para uso das telas OLED (Imagem: Victor Carvalho/Canaltech)

Em abril um rumor também assinado pelo The Elec apontava que a Apple iria lançar o primeiro iPad com tela OLED em 2024, com os modelos de 11 polegadas e 12,9 polegadas da linha iPad Pro estreando a novidade.

O MacBook Pro também deve receber atualização para o display OLED, mas apenas em 2025 ou além, visto que o grande obstáculo da Apple tem sido o custo.

Atualmente a Apple já utiliza telas OLED em quase todos os modelos de iPhone (com exceção do iPhone SE 2022) e em todos os modelos de Apple Watch.

Mini LED será substituído por OLED mais brilhante

Para contornar os custos de fabricação, brilho limitado e receio de pixels queimados (o temido burn-in), a Apple atualmente tem investido na tela Mini LED em produtos premium, com o iPad Pro de 12,9 polegadas e MacBook Pro já adotando o painel.

Após adoção no iPad Pro e MacBook Pro, produtos como iMac e monitores podem receber tela OLED mirando usuários profissionais (Imagem: Reprodução/Apple)
Após adoção no iPad Pro e MacBook Pro, produtos como iMac e monitores podem receber tela OLED mirando usuários profissionais (Imagem: Reprodução/Apple)

Enquanto no OLED os pixels se iluminam individualmente para controle preciso de brilho, a tela Mini LED utiliza milhares de zonas de iluminação para controlar blocos de pixels. Assim, usuários podem tirar proveito de um alto controle de contraste e HDR sem ter que abandonar o brilho elevado.

Para contornar a limitação, a LG trabalha em telas OLED mais brilhantes com solução desenvolvida pela Apple, empilhando duas camadas de emissores RGB para dobrar o brilho da tela e aumentar a vida útil do display. Até o momento, porém, não foi dado um prazo para que a solução atinja nível comercial.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos