Mercado fechará em 2 h 26 min
  • BOVESPA

    107.212,00
    -1.729,68 (-1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.330,17
    -1.269,21 (-2,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,65
    -2,49 (-2,92%)
     
  • OURO

    1.834,00
    +2,20 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    34.371,25
    -852,07 (-2,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    784,56
    -26,04 (-3,21%)
     
  • S&P500

    4.286,44
    -111,50 (-2,54%)
     
  • DOW JONES

    33.591,83
    -673,54 (-1,97%)
     
  • FTSE

    7.304,95
    -189,18 (-2,52%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    -309,09 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.004,75
    -421,75 (-2,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2225
    +0,0325 (+0,53%)
     

Apple pode antecipar fim do SIM físico para o iPhone 14

·2 min de leitura

A Apple já embarcou na tendência do eSIM, o chip virtual. Há alguns anos é possível ter dois números no seu iPhone graças ao slot de chip e sua versão digital, além da tecnologia ser usada também em outros produtos da marca como o Apple Watch. E, no futuro, a empresa pode abandonar a versão física.

Já era cogitado que a partir de 2023 a Maçã introduziria os iPhone 15 Pro sem o slot dedicado. Isso a faria economizar mais espaço de hardware — como na ocasião da retirada do conector P2. A medida também aumentaria a segurança, já que não é tão fácil trocar a linha de aparelho — algo que facilita a vida de ladrões.

Porém, é provável que já a partir de 2022 o mercado veja modelos da linha iPhone 14 sem slot para SIM físico. A Apple estaria enviando um comunicado para operadoras nos Estados Unidos solicitando que se preparem para a distribuição de celulares com suporte exclusivo a eSIM.

Acessório ejetor de chip do iPhone (Imagem: Lucas Wetten/Canaltech)
Acessório ejetor de chip do iPhone (Imagem: Lucas Wetten/Canaltech)

O recado é dado de forma genérica, de maneira que ela não confirma que esses smartphones se tratariam de iPhones. Mas como tem apenas essa linha de celulares, e o prazo mencionado na nota é de setembro de 2022, inevitavelmente estamos falando dos dispositivos iOS da empresa.

Mudança gradual

Esse movimento, porém, seria feito em etapas: de início, algumas operadoras apenas retirariam o chip físico do pacote de vendas do iPhone 13, solicitando que os usuários façam a adesão por eSIM. Só no final do ano que vem o iPhone 14 seria disponibilizado já sem o slot de chip.

Ainda assim, esse movimento seria feito em mercados selecionados e que já avançaram com o eSIM. A tecnologia, por exemplo, já tem certa adesão no Brasil. É compatível com a Claro, Tim e Vivo. Em regiões nas quais a cultura do consumidor e suporte técnico impeçam uma grande adesão, o provável é que a Apple ofereça o iPhone 14 com suporte ao SIM físico.

Vale lembrar, desde o iPhone XR é possível usar eSIM nos celulares da Apple. Assim, dá para ter duas linhas no aparelho — uma com chip físico, e outra digital. Com os iPhone 13, é possível ter duas linhas eSIM — algo que deve virar o padrão da empresa a partir de agora.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos