Mercado fechado

Apple libera compra universal de apps entre macOS, iOS, tvOS, iPadOS e watchOS

Rubens Eishima

A Apple anunciou em seu portal para desenvolvedores que versões de aplicativos para macOS agora podem ser incluídos na compra universal de apps. Com o anúncio, os desenvolvedores podem vender um app cuja compra será válida não apenas no sistema para desktops e notebooks, mas também no iOS, iPadOS, watchOS e tvOS.

A iniciativa tinha sido apresentada na conferência WWDC de 2019 com o nome de “Project Catalyst” e, a princípio, tratava-se da adaptação de apps do iOS para os computadores da Apple. Em fevereiro, a empresa anunciou que os apps para macOS poderiam ser distribuídos como um único produto junto com as versões para dispositivos móveis.

A medida vale não apenas para os aplicativos em si, mas também para as compras realizadas dentro dos apps. Antes de valer, no entanto, o desenvolvedor precisa configurar seu app para ativar a opção. Para isso, basta usar o App Store Connect para criar uma nova listagem de aplicativo ou incluir a nova versão em um app já existente.

A Apple destaca que, uma vez ativada a compra universal, o processo não pode ser desfeito, tampouco uma única versão do aplicativo poderá ser removida. Outro ponto listado pela Apple é que apps com a opção de compra universal podem fazer parte de pacotes de apps e que as suas diferentes versões não contam para o limite de 10 por pacote.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: