Mercado fechado

Apple lança iniciativa de US$100 milhões para promover justiça racial

Nathan Vieira

Na última quinta-feira (11), o CEO da Apple, Tim Cook, anunciou por meio de uma publicação em sua conta oficial do Twitter que a empresa está lançando a Apple’s Racial Equity and Justice Initiative, uma iniciativa de US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 500 milhões) para promover a igualdade racial. O programa será liderado pela vice-presidente da Apple, Lisa Jackson.

"A iniciativa desafiará as barreiras sistêmicas à oportunidade e à dignidade que existem para comunidades de cor e específicas para a comunidade negra", disse o CEO da Apple durante um vídeo. Cook disse que a iniciativa levará a "mudanças que afetam quase tudo" o que a empresa fez até então. Confira o vídeo:


Como parte desta ação, a empresa afirma que vai criar projetos de programação para programadores e empreendedores negros com o objetivo de criar “as melhores ideias” para a Apple. Além disso, Tim Cook divulgou que a empresa que lidera vai investir mais dinheiro em parcerias que tem com parceiros negros.


Na semana passada, na sequência dos protestos contra a violência policial e racismo que têm decorrido nos EUA, Cook afirmou a Apple precisava “fazer mais” para promover a justiça racial. Outras empresas tecnológicas norte-americanas, como o Facebook, a Google ou a Amazon, também apresentaram iniciativas de apoio a comunidades negras nos EUA.

Fonte: Canaltech