Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.250,58
    +1.201,79 (+2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Apple lança app para acessórios de companhias licenciadas ao recurso Buscar

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

A Apple está testando a integração de acessórios de empresas licenciadas ao app Buscar (Find My, na versão em inglês) do iOS. A companhia publicou um programa na sua loja chamado Find My Certification Asst., voltado exatamente para que empresas possam testar a procura dos produtos usando o Buscar.

O app é já um velho conhecido de quem usa dispositivos iOS. Pelo Buscar, é possível encontrar dispositivos da Apple como iPhones, iPads e outros com precisão geográfica. Agora, a proposta é abrir esta funcionalidade para produtos de companhias licenciadas da Apple. Para isso, as empresas interessadas devem conseguir a certificação chamada MFi pelo site da Maçã. Sem seguida, passam a poder incluir seus produtos no Find My Certification Asst. e começar a testar o recurso.

<em>Descrição do aplicativo na loja da Apple (Foto: Captura/App Store)</em>
Descrição do aplicativo na loja da Apple (Foto: Captura/App Store)

A ideia é que as companhias licenciadas consigam ajustar configurações simples como desligar o aparelho remotamente, colocar um aviso na tela do dispositivo avisando que o dispositivo está perdido, ou mesmo soltar algum som para facilitar a busca. O programa está disponível na App Store desde o último dia 4 de abril e mostra que a Apple está próxima de liberar o recurso para outras empresas.

Batalha dos rastreadores

A Apple já anunciou que está trabalhando nas AirTags, uma espécie de chaveiro rastreador que pode ser colocado junto a itens preciosos e ser encontrado pelo app Buscar no iOS. Embora a notícia tenha sido bem-vinda para os usuários da Maçã, a gigante deste setor, a Tile, não gostou nada da movimentação. A empresa recorreu à justiça dos EUA e União Europeia apontando que a concorrente teria vantagem no setor, pois o programa Buscar vem baixado por padrão em iPhones, iPads e dispositivos da companhia.

Em resposta, a gigante do iOS começou a abrir a plataforma e informou na conferência de desenvolvedores Worldwide Developer Conference do ano passado, para que as companhias licenciadas possam integrar seus produtos, softwares e serviços ao app Buscar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: