Mercado abrirá em 7 h 16 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,56
    +0,12 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.775,60
    +9,90 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    62.618,99
    +534,00 (+0,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.463,50
    +11,86 (+0,82%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.708,52
    +298,77 (+1,18%)
     
  • NIKKEI

    29.219,45
    +193,99 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.292,25
    +1,75 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4136
    +0,0221 (+0,35%)
     

Apple: iPhone 13 é homologado para venda pela Anatel

·2 minuto de leitura
Apple: iPhone 13 é homologado para venda pela Anatel
Apple: iPhone 13 é homologado para venda pela Anatel

A Anatel homologou os novos iPhone 13, 13 Pro e Pro Max no brasil. De acordo com a documentação, os aparelhos estão liberados para venda, sugerindo que os modelos da Apple podem chegar ao país mais rápido do que o esperado.

A documentação da Anatel também revela detalhes interessantes, como o fato de os modelos iPhone 13 mini (A2628), iPhone 13 Pro (A2638), iPhone 13 Pro Max (A2643) serem fabricados na China, o que sugere que, por enquanto, não haverá fabricação nacional dos aparelhos.

Recentemente um documento da Reuters revelou que novos casos de Covid-19 em fábricas do Vietnã podem afetar a distribuição do iPhone 13 em todo o mundo. De acordo com o relatório, algumas empresas que fabricam componentes dos smartphones teriam tido a produção suspensa por conta do coronavírus. A previsão é que as entregas das peças normalizem em outubro.

Preços do iPhone 13 no Brasil

Apesar da liberação da Anatel, a Apple ainda não informou uma data oficial para a chegada dos aparelhos, mas já divulgou o preço dos smartphones.

De acordo com a Apple, o iPhone 13 Mini, de 5,4 polegadas, será vendido a partir de R$ 6.599 na versão de 128 GB de armazenamento, R$ 7.599 na versão de 256 GB de armazenamento e R$ 9.599 na versão de 512 GB de armazenamento.

Já o iPhone 13 padrão pode ser comprado a partir de R$ 7.599 na versão de 128 GB, R$ 8.599 na de 256 GB e R$ 10.599 na versão de 512 GB. Os smartphones estão disponíveis no site da Apple nas cores Rosa, Azul, Meia-noite, Estelar e (Product) Red. Segundo a Apple, cada compra do iPhone 13 (Product) Red contribui diretamente com o fundo global de combate à Covid-19.

Leia mais:

No Brasil, o iPhone 13 Pro é vendido a partir de R$ 9.499 na versão de 128 GB, R$ 10.499 na versão de 256 GB e R$ 12.499 na versão de 512 GB. Já o iPhone 13 Pro Max chegará ao país por R$ 10.499 na versão de 128 GB, R$ 11.499 na versão de 256 GB e 13.499 na versão de 512 GB.

A linha Pro também é a única a contar com a opção de armazenamento de 1TB, uma novidade entre os produtos da Apple. Nesta configuração, o iPhone 13 Pro custará R$ 14.499, enquanto o iPhone 13 Pro Max custará R4 15.499. Os smartphones estão disponíveis nas cores Azul-Sierra, Prateado, Dourado e Grafite.

Com a chegada dos novos modelos, o iPhone XR será descontinuado. O lançamento também deve interferir no preço dos iPhone 12.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos