Mercado fechará em 4 h 3 min

Apple inicia produção de novo iMac Pro e pode adotar chip M1 Max "Duo"

·2 min de leitura

Um novo relato do Digitimes reforça indícios dos últimos dias a respeito do novo modelo de iMac. Segundo o site, fornecedoras da Apple começaram a produzir componentes para iniciar a montagem do iMac mais poderoso da Apple em seu lançamento.

Maior e mais poderoso que iMac de 24", novo modelo terá tela Mini LED de 27" com 120 Hz e hardware extremo (Imagem: Reprodução/Apple)
Maior e mais poderoso que iMac de 24", novo modelo terá tela Mini LED de 27" com 120 Hz e hardware extremo (Imagem: Reprodução/Apple)

Com previsão de lançamento para o início de 2022, o novo iMac Pro é esperado com tela de 27 polegadas, suporte para tecnologia Mini LED com desempenho próximo ao de painéis OLED — com pretos profundos e alto contraste, mas vantagem de tela mais brilhante —, além de taxa de atualização adaptativa de até 120 Hz.

Rumores do desenvolvimento de um novo iMac com tela maior e mais desempenho datam de julho de 2021, ganhando mais informações em outubro e tendo novos detalhes vazados há poucos dias.

Apple conclui transição para chips próprios em 2021, e novos iMac Pro e Mac Pro são esperados com desempenho espetacular (Imagem: Reprodução/Apple)
Apple conclui transição para chips próprios em 2021, e novos iMac Pro e Mac Pro são esperados com desempenho espetacular (Imagem: Reprodução/Apple)

É esperado que o novo computador ofereça uma generosa variedade de conectores, incluindo portas USB-C, HDMI, leitor para cartão SD e conector MagSafe para carregamento rápido, oferecendo 16 GB de RAM e 512 GB de SSD em seu modelo inicial.

Não sabemos se o iMac Pro deve incluir Face ID para reconhecimento facial, entalhe na tela semelhante ao presente no display do MacBook Pro ou grossa borda inferior, embora possamos esperar cores mais sóbrias que o iMac de 24", como prata, cinza-espacial e preto.

iMac Pro com chip M1 Max de 20 núcleos?

Enorme M1 Max pode ser combinado para criar megaprocessador de 20 e 40 núcleos (Imagem: Reprodução/Apple)
Enorme M1 Max pode ser combinado para criar megaprocessador de 20 e 40 núcleos (Imagem: Reprodução/Apple)

Após fortes vestígios de que o poderoso M1 Max pode ser combinado com outros processadores para oferecer até 40 núcleos de CPU e 128 núcleos de GPU, é esperado que a Apple já implemente tal novidade com a chegada de um novo iMac Pro, visto que a versão com processador Intel já foi descontinuada.

A empresa poderia usar dois chips M1 Max, formando um "M1 Max Duo" com 20 núcleos de CPU para oferecer desempenho ainda mais extremo que o já presente no MacBook Pro mais poderoso da atualidade.

A versão "Quadra" do M1 Max, com 40 núcleos de CPU, pode ser exclusivo do Mac Pro, que também deve ser anunciado no início de 2022 com desempenho nunca antes visto. Mais detalhes ainda devem surgir em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos