Mercado fechado

Apple finalmente deve trazer leitor de digitais sob a tela nos próximos iPhones

Claudio Yuge

A Apple pulou a fase do leitor de digitais sob a tela e decidiu apostar de uma vez no reconhecimento facial, com uma varredura mais precisa do Face ID. Mas agora a companhia estaria mudando de ideia. Segundo rumores ventilados pelo Economic Daily News, a Qualcomm e outros fornecedores estariam trabalhando juntos para introduzir esse recurso nos próximos iPhones.

As mesmas fontes juram que isso deve acontecer rápido, já na fornada de 2020, e com o mesmo modelo ultrassônico utilizado pela série Galaxy S10, que assegura mais velocidade e precisão, pois consegue contornar pequenas sujeiras — a maioria adota atualmente a emissão óptica, que, obviamente, precisa de uma imagem bem iluminada do dedo.

Caso se confirme, será a primeira vez que a Maçã investe nessa funcionalidade. Uma das razões seria oferecer uma opção extra de acessibilidade para os aparelhos topo de linha e outra seria um possível corte de custos para dispositivos mais baratos — vale destacar que a empresa vem buscando manter os clientes em seu ecossistema para poder lucrar com novos serviços, a exemplo do Apple TV+.

A novidade chega a ser curiosa. O desbloqueio por meio de biometria sob o painel vem sendo deixado de lado pelo Google, justamente agora que a Apple parece querer oferecer isso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: