Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    50.581,67
    +2.906,97 (+6,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Apple explica regras para rastreio de uso e plataformas de jogos na App Store

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

A Apple atualizou as Diretrizes de Revisão da sua loja de aplicativos com mais informações sobre APIs de rastreamento dos usuários, regras para plataformas de streaming de jogos e mais detalhes sobre pagamento de gorjetas e venda de itens como cartões-presente e afins nos aplicativos.

Mais do que mudanças, a atualização traz alguns esclarecimentos sobre as regras para desenvolvedores publicarem suas aplicações na App Store. São 16 pontos destacados pela própria empresa, dos quais dez envolvem explicações mais detalhadas de alguma regra já existente, enquanto há outras remoções e adições, como a retirada de Rosetta como exemplo de tecnologia descontinuada, uma vez que Rosetta 2 é utilizada nos macs com M1.

Destacam-se entre as novidades mais informações sobre o uso de cartões-presente, certificados, vouchers e cupons que podem ser validados nos apps da loja, que devem também ser vendidos como opção de compra dentro do aplicativo. Além disso, a Apple exige que as gorjetas para desenvolvedores tenham como opção o sistema de pagamento da App Store.

A Maçã também reforçou que aplicativos que incentivem o consumo de tabaco, vape, drogas ilícitas ou abuso de álcool não são permitidos na loja. Passa a ser proibido que aplicações para negociações financeiras, investimentos ou gerenciamento de dinheiro utilizem APIs públicas, ou seja, elas devem ser distribuídas somente pela instituição financeira que oferecer tais serviços.

Plataformas de jogos

As novas diretrizes também detalham a oferta de plataformas de jogos via streaming. Segundo a Apple, desenvolvedores podem publicar apps que ofereçam assinaturas em vários jogos, mas é preciso que cada game também possa ser baixado individualmente na App Store.

“Jogos oferecidos em um serviço de assinatura de streaming de jogos devem oferecer uma assinatura única compartilhada entre apps e serviços de terceiros”, diz o texto, para depois explicar a exigência de que “eles devem ser baixados diretamente da App Store, devem ser desenhados para evitar pagamento duplicado por um assinante e não devem ter desvantagens para não assinantes”.

APIs de rastreio de uso

A Apple também incluiu uma nova exigência relacionada ao App Tracking Transparency. Os desenvolvedores terão que pedir a permissão explícita do usuário para rastrear suas atividades. Com o lançamento do iOS 14.5 beta, novas APIs que permitem aos desenvolvedores medirem a eficácia de cliques em anúncios foram liberadas, e a Maçã espera que desenvolvedores garantam a privacidade dos usuários ao monitorarem esse tipo de atividade.

Você pode conferir todas as mudanças nas Diretrizes de Revisão da App Store no site da Apple (em inglês).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: