Mercado abrirá em 59 mins
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    115,39
    +1,19 (+1,04%)
     
  • OURO

    1.833,60
    +19,60 (+1,08%)
     
  • BTC-USD

    30.357,96
    +400,79 (+1,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    682,64
    +439,96 (+181,29%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.524,99
    +60,19 (+0,81%)
     
  • HANG SENG

    20.602,52
    +652,31 (+3,27%)
     
  • NIKKEI

    26.659,75
    +112,70 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    12.480,25
    +235,50 (+1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3201
    +0,0396 (+0,75%)
     

Apple divulga diretrizes de segurança após casos de perseguição com a AirTag

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Com o aumento no número de casos de pessoas que foram perseguidas por meio dos serviços de localização da AirTag, a Apple resolveu publicar em seu site um guia que mostra dicas para evitar esses inconvenientes. O documento de 56 páginas dá detalhes de como proceder em aspectos importantes como controle de quem pode acessar informações de posicionamento e identificação de atividades suspeitas, entre outros.

AirTags costumam gerar discussões relaionadas à privacidade (Imagem: Divulgação/Apple)
AirTags costumam gerar discussões relaionadas à privacidade (Imagem: Divulgação/Apple)

A seção referente à AirTag cita que as últimas versões do iOS enviam notificações com alertas caso o celular identifique que uma AirTag desconhecida esteja acompanhando os mesmos trajetos do usuário por um determinado período de tempo, não especificado — alguns relatos anteriores apontam que mensagens só foram mostradas após cinco horas de perseguição.

"Para desencorajar monitoramentos indesejados, o aplicativo Buscar envia notificações caso uma AirTag desconhecida ou outro acessório Buscar seja visto se movimentando com você ao longo do tempo, com a mensagem 'Item detectado próximo a você'"

Na sequência, o guia dá dicas do que deve ser feito caso um stalker seja identificado, como a ativação do recurso SOS de emergência que realiza chamadas diretas para serviços locais. Também é recomandada a configuração preventiva dos contatos que serão contactados nesses momentos, quando também é possível acionar um recurso que faz a AirTag emitir um som para que seja localizada de forma mais rápida.

O comunicado da Apple diz que as diretrizes serão atualizadas de forma frequente, e reforça que as instruções são relacionadas a dispositivos que trazem as últimas versões possíveis dos sistemas operacionais da marca — ou seja, o MacOS 12.1, iOS 15.2 e iPadOS 15.2.

O conteúdo ainda entrega informações que não são necessariamente relacionadas com as AirTags, como etapas para gerenciar ajustes do iCloud, atualização dos softwares da Apple, configurações do Face ID e Touch ID, bloqueio de chamadas indesejadas, entre outras.

Entenda os casos

AirTags são capazes de mostrar informações de localização com alta precisão (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)
AirTags são capazes de mostrar informações de localização com alta precisão (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Os fatos que podem ter motivado a divulgação desse guia trazem algumas características em comum. Em geral, pessoas mal-intencionadas colocam AirTags em locais escondidos — como bolsas, mochilas e até mesmo dentro de carros — para então segui-las por algumas horas.

Um dos últimos casos foi registrado em Nova Iorque, onde a modelo Brooks Nader foi seguida enquanto passeava por bares, mas só foi notificada enquanto voltava para casa. Relatos similares também já aconteceram em outras cidades dos Estados Unidos e no Canadá.

Além dos aparelhos móveis da Apple, também é possível identificar AirTags desconhecidas por meio do Tracker Detect, aplicativo para Android que foi disponibilizado pela própria marca no final do ano passado.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos