Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,25
    -0,05 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.747,00
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    44.825,89
    +1.482,55 (+3,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.123,32
    +14,40 (+1,30%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    30.204,88
    +565,48 (+1,91%)
     
  • NASDAQ

    15.329,00
    +25,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2266
    +0,0016 (+0,03%)
     

Apple deve usar múltiplos fornecedores para lentes periscópicas no iPhone 15

·2 minuto de leitura

De acordo com rumores publicados nesta quinta-feira (2), a Apple está em conversas com a Jahwa Eletronics para fornecimento de atuadores de estabilização óptica de imagem para a câmera persicópica do iPhone 15, que chega ao mercado no segundo semestre de 2023. Como esses componentes foram desenvolvidos em parceria com a Samsung e estão em aparelhos da marca, isso poderia gerar problemas de patente para a Maçã, que precisaria pagar royalties para adotar a tecnologia em seus smartphones.

iPhone 14 poderá terlente periscópica com zoom de maior alcance (Imagem: LetsGoDigital)
iPhone 14 poderá terlente periscópica com zoom de maior alcance (Imagem: LetsGoDigital)

Outra possibilidade é a implantação de uma cadeia de produção, em que a subsidiária de eletromecânica da própria Samsung forneceria componentes como atuadores e lentes para a LG, que então montaria as partes para entregar a câmera completa para a Apple. Dessa forma, a marca americana manteria boas relações com a LG, e evitaria problemas de patente.

As lentes periscópicas já utilizadas em aparelhos de várias marcas utilizam o sistema de lentes dobradas, em que o sinal de luz entra em um ângulo similar às outras câmeras, mas dentro do módulo ele é "dobrado" a um ângulo próximo a 90 graus, o que dá espaço para que exista um certo distanciamento entre as lentes, necessário para alcançar níveis maiores de zoom. Esse sistema evita que o aparelho ganhe muita espessura com a câmera telefoto.

Estrutura de câmeras periscópicas têm sensor voltado para o lado (Imgaem: Divulgação/Oppo)
Estrutura de câmeras periscópicas têm sensor voltado para o lado (Imgaem: Divulgação/Oppo)

Os iPhones com câmeras telefoto poderão alcançar zoom mais alto sem perda de qualidade, e a utilização de lentes dobradas em dispositivos da Apple no futuro já é rumorada há algum tempo.

Atualmente, os aparelhos da Apple têm zoom óptico de apenas 2,5x em seu modelo mais caro, enquanto o Galaxy S21 Ultra usa uma lente periscópica com zoom óptico de 10x, por exemplo. A tecnologia deve estrear oficialmente em 2023, mas rumores indicam que alguns modelos de 2022 podem já vir com um sistema de lentes dobradas, fornecido pela Samsung.

Apple já tem patente própria

Em julho, a Apple registou uma patente de câmera periscópica, o que gerou expectativas para o lançamento da tecnologia já nos aparelhos de 2021. Porém, esses rumores esfriaram à medida em que a marca encontra dificuldades para produzir os componentes. O sistema patenteado tem dois pontos de curvatura, com o sensor posicionado no mesmo ângulo em que se encontram as outras câmeras, porém é posicionado mais para o lado.

Sistema afasta o sensor do ponto de entrada de luz, permitindo maior distanciamento entre os componentes internos da câmera (Imagem: 9to5Mac)
Sistema afasta o sensor do ponto de entrada de luz, permitindo maior distanciamento entre os componentes internos da câmera (Imagem: 9to5Mac)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos