Mercado fechará em 1 h 4 min
  • BOVESPA

    108.712,26
    +882,53 (+0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.690,70
    -644,81 (-1,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,94
    +0,80 (+1,04%)
     
  • OURO

    1.887,20
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    22.970,66
    -255,46 (-1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    529,37
    -7,52 (-1,40%)
     
  • S&P500

    4.128,15
    -35,85 (-0,86%)
     
  • DOW JONES

    34.031,29
    -125,40 (-0,37%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.283,52
    -15,18 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.606,46
    -79,01 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    12.569,25
    -207,50 (-1,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5959
    +0,0188 (+0,34%)
     

Apple deve apresentar headset AR/VR mais barato que o Reality Pro

A Apple pode promover mudanças no seu cronograma de produtos de realidade aumentada e virtual (AR/VR) para os próximos anos. De acordo com os rumores mais recentes, a marca estaria planejando um modelo mais barato de headset, em comparação com o já especulado Reality Pro.

Com o nome de "Reality One", novo headset pode concorrer na mesma faixa de preço do Meta Quest Pro (Imagem: Wccftech)
Com o nome de "Reality One", novo headset pode concorrer na mesma faixa de preço do Meta Quest Pro (Imagem: Wccftech)

Espera-se que esta adição à linha seja um concorrente direto para o Meta Quest Pro, na faixa de preço dos US$ 1.500 — equivalentes a cerca de R$ 7.699 em conversão direta. Para efeito de comparação, o headset citado em rumores prévios deve ficar na faixa dos US$ 3.000 (~R$ 15.398).

As diferenças entre estes dois modelos ainda não foram confirmadas, mas o produto mais avançado deve ser voltado para uso profissional em fábricas, obras de engenharia e locais similares.

Para atender a este público, o Apple Reality Pro deve contar com telas internas de resolução 4K em cada olho, além de um sistema avançado com mais de dez câmeras voltadas para fora. Ele ainda pode oferecer um conjunto poderoso de desempenho, que inclui um chip M2 para processamento, e H2 para conectividade rápida com os AirPods.

A tendência é reforçada pela presença de dois nomes registrados pela Apple recentemente. Além do Reality Pro, há uma referência para um Reality One, que seria o modelo mais barato. Também foi identificada uma marca com o nome Reality Processor, que deve ser usada para divulgar componentes de hardware dos headsets.

Óculos AR podem ser atrasados ou cancelados

Óculos mais compactos seriam lançados em 2025, mas agora não têm mais previsão (Imagem: The Sun)
Óculos mais compactos seriam lançados em 2025, mas agora não têm mais previsão (Imagem: The Sun)

A presença de um headset mais simples pode servir como uma espécie de substituto para os óculos AR especulados anteriormente. Esperava-se que os Apple Glasses (nome não confirmado) fossem apresentados em 2025, mas agora não há uma previsão concreta.

Foi dito que este projeto teria sido colocado em segundo plano, já que os engenheiros da Apple estariam mais focados no desenvolvimento de novas plataformas próprias de hardware. Nos próximos anos, a empresa de Cupertino planeja apresentar um novo chip para conexões móveis, Wi-Fi e Bluetooth.

Caso sejam realmente apresentados em algum momento, os óculos da Apple devem ser uma opção mais leve e prática que os headsets, para uso no dia a dia. Desta forma, algumas funções dos iPhones seriam repassadas para o produto, como o gerenciamento de notificações, visualização de direções em mapas e mais.

Porém, a construção de um dispositivo desse tipo leva bastante tempo, já que é necessário encontrar um equilíbrio entre qualidade e discrição nos componentes. Ao que parece, a Apple ainda não está perto de encontrar este balanço.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: