Mercado abrirá em 1 h 57 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,52
    +3,37 (+4,94%)
     
  • OURO

    1.800,50
    +12,40 (+0,69%)
     
  • BTC-USD

    56.892,24
    +2.533,60 (+4,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.421,79
    -33,62 (-2,31%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.101,82
    +57,79 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    23.852,24
    -228,28 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.176,00
    +125,00 (+0,78%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2887
    -0,0598 (-0,94%)
     

Apple contrata ex-diretor da Tesla para tirar carro elétrico autônomo do papel

·2 min de leitura

CJ Moore, engenheiro responsável pelo projeto do Piloto Automático da Tesla, o AutoPilot, e que trabalhou na empresa de Elon Musk nos últimos 7 anos e 5 meses, sequer atualizou suas informações no LinkedIn, mas já está de casa nova. Segundo a Bloomberg, Moore foi contratado pela Apple para desenvolver justamente o tão sonhado carro autônomo elétrico da Maçã, popularmente chamado de Apple Car.

O pedido da contratação de CJ Moore teria partido justamente de um outro ex-funcionário de Musk, Stuart Bowers, que trocou a Tesla pela Apple no fim do ano passado. Moore agora se juntaria ao time e se reportaria diretamente a Bowers no tocante ao Project Titan. Se confirmada oficialmente pela Apple, a contratação será tão impactante quanto a de Kevin Lynch, que substituiu Doug Field recentemente, quando o executivo partiu para a Ford.

A Apple, aliás, também já tirou outras peças importantes da Tesla para reforçar o time de seu carro autônomo, além dos já citados Bowers e, agora, CJ Moore. Michael Schwekutsch, que foi vice-presidente de engenharia da Tesla e trabalhou em trens de força, e Steve MacManus, que também foi vice-presidente de engenharia da Tesla, já fazem parte do quadro de colaboradores da Maçã.

Críticas a Musk

A saída de CJ Moore da Tesla, segundo a Bloomberg, já era esperada. Isso porque o engenheiro, agora em vias de ser oficializado como um dos novos responsáveis pelo Apple Car teria tido rusgas com Elon Musk. Moore chegou a dizer que as declarações do executivo sobre os carros da Tesla serem capazes de dirigir completamente sozinhos ainda em 2021, ou seja, terem nível 5 de condução autônoma, “não combinavam com a realidade da engenharia”.

Se esse foi o motivo da saída para a Apple, não se sabe, mas fato é que a chegada do carro autônomo elétrico da Maçã parece cada vez mais perto de sair do sonho para se tornar realidade. Curiosamente, as últimas notícias a respeito do Apple Car indicam que ele poderá ter a produção iniciada em 2024 e, caso isso realmente aconteça, seja mesmo um carro elétrico de passeio com sistema de condução autônoma nível 5, ou seja, o máximo de automação da direção do veículo e sem supervisão humana.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos