Mercado fechará em 2 h 34 min

Apple compra startup especializada em IA para reconhecimento de imagens

Claudio Yuge

Depois de comprar a Turi, empresa de inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina, a Apple adquiriu mais uma startup do mesmo setor, também em Seattle. Segundo fontes quentes de bastidores, a gigante agora é dona da Xnor.ai, que tem como atrativo levar tecnologia avançada de reconhecimento de imagem a dispositivos de baixo consumo de energia, em vez de depender da nuvem.

Além desse recurso poderoso, a Xnor.ai desenvolveu uma plataforma de autoatendimento que tornou possível para os desenvolvedores de software, mesmo aqueles que não são especialistas em IA, inserir códigos e bibliotecas de dados de IA em aplicativos para dispositivos.

A Xnor.ai é um filhote do Instituto Allen de Inteligência Artificial, ou AI2, criado pelo cofundador da Microsoft, Paul Allen, que faleceu em 2018. De acordo com o GeekWire, a Apple gastou cerca de US$ 200 milhões nesse negócio, praticamente a mesma quantia paga pela Turi, que passou a fazer parte da Maçã em 2016. Vale destacar que, nos últimos dois anos, a Apple comprou a startup autônoma Drive.ai, a empresa de IA com foco em privacidade Silk Labs e o grupo de tecnologia de voz PullString.

Apple despista. Mas há indícios da compra

Ao ser perguntada sobre o assunto, a gigante de Cupertino despista: "A Apple compra empresas de tecnologia menores de tempos em tempos, e geralmente não discutimos nossos propósitos ou planos".

Mas, além dos escritórios da Xnor.ai estarem em visível mudança, uma imagem, compartilhada pelo GeekWire mostra uma ferramenta de visão por computador que identifica objetos e pessoas em uma foto, usando o software em um iPhone. Esse pode ser o tipo de funcionalidade que podemos esperar em um futuro breve nos smartphones da marca.

Imagem: Divulgação/Xnor.ai

Concorrentes como Google e Facebook usam aquisições para expandir seu portfólio em IA e outras novas tecnologias com bastante frequência. Recentemente, a rede social gastou algo entre US$ 500 milhões e US$ 1 bilhão na empresa de monitoramento neural CTRL-labs. E, embora o Google esteja na frente no setor de IA, essa aquisição garantirá um grande impulso para a Apple, especialmente em novas tecnologias do gênero que podem integrar os futuros iPhones.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: