Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.038,48
    -2.326,04 (-3,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Apple autoriza e a rede social Parler voltará à App Store

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

Próximo de completar quatro meses fora da App Store, o Parler retorna à loja de apps do iOS. Em resposta a questionamentos do deputado Ken Buck e do senador Mike Lee, dos Estados Unidos, a Apple afirmou nessa segunda-feira (19) que os critérios sobre “moderação de conteúdo” foram atendidos e, portanto, a rede social pode voltar a ser distribuída no iPhone.

Em janeiro deste ano, o Parler foi removido da App Store no auge da tensão eleitoral nos Estados Unidos. A plataforma ganhou os holofotes naquele momento por supostamente ter servido como meio para a articulação de grupos envolvidos na invasão à sede do governo do país norte-americano. Ciente do que a rede social permitia circular esse tipo de conteúdo por lá, a Apple e o Google removeram o app das suas lojas de aplicativos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Depois da carta enviada aos congressistas e divulgada nas redes sociais, o app pode voltar a ser distribuído na App Store. De acordo com a resposta, o Parler se mostrou mais comprometido com os padrões determinados pela Apple e não há mais razões para a manutenção do seu banimento. Assim que chegar, uma nova versão da plataforma será disponibilizada para todos os usuários.

A movimentação acontece pouco mais de um mês depois que a Apple “renovou o banimento” do app da sua loja de aplicativos. Na ocasião, a fabricante julgou que as medidas de moderação ainda eram “insuficientes”, sustentanto sua acusação com várias capturas de tela de publicações com conteúdo discriminatório.

“Não há espaço para conteúdo relacionado a ódio, racista ou discriminatório”, declarou em uma das mensagens ao Parler em março. Em nenhum momento, assim como na atual liberação, o documento entra em detalhes sobre quais medidas foram insuficientes ou satisfatórias para a Apple.

Por enquanto, no momento da elaboração desta matéria, o Parler continua fora da App Store, mas pode voltar a qualquer momento. No Android, ele continua fora da Play Store até que o Google divulgue alguma novidade.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: