Mercado abrirá em 8 h 27 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,20
    -0,45 (-0,53%)
     
  • OURO

    1.788,70
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    60.828,90
    -1.870,64 (-2,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.479,59
    -25,56 (-1,70%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    +54,80 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    25.646,38
    -391,89 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    28.946,61
    -159,40 (-0,55%)
     
  • NASDAQ

    15.536,75
    -8,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4582
    +0,0041 (+0,06%)
     

Apple atrasa entregas do novo iPhone 13 por causa da Covid-19

·2 minuto de leitura
A interrupção está associada principalmente ao fornecimento restrito de módulos de câmera para os quatro modelos do iPhone 13 porque vários componentes são montados no Vietnã, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto. (Stanislav Kogiku/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Compradores estão com problemas para receber os novos telefones

  • Pandemia tem causado uma série de problemas nas cadeias de produção

  • Modelo pode demorar cinco semanas nos Estados Unidos

Os compradores do novo iPhone 13 da Apple estão enfrentando prazos de entrega mais longos do que o esperado devido à onda de COVID no Vietnã e à implantação de um novo recurso de câmera pela gigante da tecnologia dos EUA, de acordo com informações do Nikkei Asia.

Leia também:

A interrupção está associada principalmente ao fornecimento restrito de módulos de câmera para os quatro modelos do iPhone 13 porque vários componentes são montados no Vietnã, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

Fontes da cadeia de suprimentos esperavam que o lançamento de novos iPhones deste ano fosse relativamente tranquilo, dado que a maioria das mudanças nos dispositivos atualizados são apenas incrementais e a Apple foi capaz de estocar muitos componentes importantes.

Mas a empresa expandiu o uso de seu novo sensor-shift óptico de estabilização de imagem (OIS) para todos os quatro modelos de iPhone, quando antes era apenas no iPhone 12 Pro Max premium. Isso colocou os fornecedores na posição de ter que aumentar a produção sem comprometer a qualidade da produção, em um cenário de severas restrições devido à COVID.

Modelo pode demorar cinco semanas para chegar nos Estados Unidos

O OIS de deslocamento do sensor estabiliza os sensores da câmera para tornar as imagens mais suaves e o vídeo mais estável, mesmo se os usuários estiverem em movimento, e é um aprimoramento da tecnologia anterior que estabilizava as lentes da câmera.

"As montadoras ainda podem produzir os novos iPhones, mas há uma lacuna de fornecimento [no] que os estoques dos módulos de câmera estão diminuindo", disse um dos executivos com conhecimento direto ao Nikkei Asia. "Não há nada que possamos fazer a não ser monitorar a situação no Vietnã todos os dias e esperar que aumentem a produção."

A situação pode melhorar em meados de outubro, já que a produção em uma das principais instalações de fabricação de módulos de câmera do iPhone no sul do Vietnã foi gradualmente retomada nos últimos dias, após vários meses de interrupções intermitentes.

O tempo de espera atual por um iPhone 13 Pro Sierra Blue com 512 gigabytes (GB) de armazenamento é de até cinco semanas na China - o terceiro maior mercado da Apple - enquanto o tempo de espera pelo mesmo modelo também é de cinco semanas no Japão e quatro semanas nos EUA, segundo o site da empresa. Até o tempo de espera pelo iPhone 13 mini, que vem com a menor tela dos quatro novos iPhones, é de sete a 10 dias na China e nos EUA e de até 15 dias no Japão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos