Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.803,38
    -472,61 (-1,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Apple anuncia que iPad 2 não receberá mais suporte

·2 minuto de leitura
Apple anuncia que iPad 2 não receberá mais suporte
Apple anuncia que iPad 2 não receberá mais suporte

Apresentado ao mundo por Steve Jobs em março de 2011, o iPad 2, segunda geração do tablet da Apple, está oficialmente obsoleto e, portanto, não receberá mais qualquer suporte da empresa de Cupertino. O primeiro passo para o produto ser deixado de lado pela Maçã foi dado já em 2019, ano em que a Apple já havia movido o iPad 2 para a lista de obsoleto em quase todo o mundo, com exceção de dois países.

Os Estados Unidos e a Turquia foram obrigados pela legislação local a considerar o iPad 2 um produto ‘vintage’ e, portanto, ainda sujeito ao suporte da marca. A situação mudou nesta última semana de maio, com a autorização sendo dada e a Apple, enfim, movendo a 2ª geração do tablet para sua lista de produtos obsoletos em todo o planeta.

Um dispositivo obsoleto é aquele que, segundo a Apple, foi descontinuado (teve a fabricação interrompida ou substituída por um modelo posterior) há pelo menos sete anos – algo que o iPad 2 já poderia ser considerado em 2019. Nessa lista, encaixam-se os produtos que não têm qualquer obrigação de receber serviço de hardware da Apple ou dos provedores autorizados pela fabricante.

O que o iPad 2 tinha?

Apesar de agora o iPad 2 não receber mais suporte em nenhum país do mundo em assistências autorizadas, o dispositivo cumpriu o papel a que se propôs. Ele chegou ao mercado em 2012 apresentando um design 33% mais fino do que a primeira geração do tablet, além de recursos que, à época, impressionaram os usuários.

Entre eles, destacavam-se a câmera frontal, que logo virou febre para utilização no FaceTime, um processador moderno (repetindo, moderno para a época, claro), o A5 dual-core de nova geração, velocidade até nove vezes superior em gráficos, giroscópio e duas cores à escolha do cliente: preto e branco.

O iPad 2, agora oficialmente sem suporte, chegou ao Brasil custando a partir de R$ 1.649, mas o preço chegava a R$ 2.399 para os clientes que optassem pela variante mais completa, com conexão 3G e memória de 64 GB. Para efeitos de comparação, a nova geração do iPad, ainda indisponível para compra no Brasil, custará a partir de R$ 10.799, com 128 GB de armazenamento interno.

Via MacRumors

Imagem: Apple Keynotes/YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos