Mercado fechará em 5 h 41 min
  • BOVESPA

    106.519,68
    -1.931,52 (-1,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.975,78
    -466,43 (-1,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,26
    -0,89 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.662,50
    -7,50 (-0,45%)
     
  • BTC-USD

    18.932,67
    -162,51 (-0,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    432,70
    -13,28 (-2,98%)
     
  • S&P500

    3.623,54
    -95,50 (-2,57%)
     
  • DOW JONES

    29.077,00
    -606,74 (-2,04%)
     
  • FTSE

    6.847,48
    -157,91 (-2,25%)
     
  • HANG SENG

    17.165,87
    -85,01 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    26.422,05
    +248,07 (+0,95%)
     
  • NASDAQ

    11.195,00
    -360,75 (-3,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2754
    +0,0428 (+0,82%)
     

Apple ameaça funcionário após vídeo viralizar no TikTok

Apple ameaça funcionária de demissão após ela dar informações de segurança sobre o iPhone
Apple ameaça funcionária de demissão após ela dar informações de segurança sobre o iPhone
  • No vídeo, a trabalhadora apresentou informações de segurança básicas do iPhone;

  • Em nenhum local da política interna de mídia da empresa isso é configurado como errado;

  • Apple se recusou a comentar o caso.

A Apple está supostamente ameaçando demitir uma funcionária que publicou um vídeo no TikTok com dicas básicas de segurança do iPhone. Paris Campbell afirmou que foi informada que violou políticas internas da empresa por ter se identificado como funcionária da Apple e por falar sobre assuntos relacionados aos produtos.

A política de mídia social da empresa adverte aos funcionários contra publicações sobre clientes, colegas ou informações confidenciais, mas não chega a proibir os funcionários de falar completamente sobre tópicos da Apple.

“Queremos que você seja você mesmo, mas também deve ser respeitoso em postagens, tweets e outras comunicações online”, diz um documento interno.

Campbell trabalha na Apple há quase seis anos na função de técnica de reparos na rede de varejo da Apple. Na semana passada ela respondeu a outra usuária do TikTok, que estava recebendo ameaças após perder seu iPhone durante o Coachella. Os criminosos ordenavam que ela removesse o Apple ID de seu iPhone, se não iriam vender suas informações pessoais no mercado negro.

Em seu vídeo, Campbell inicia com “Eu não posso dizer exatamente como eu sei essa informação, mas posso dizer que nos últimos seis anos, eu tenho sido um engenheiro de hardware certificado para uma certa empresa que gosta de falar sobre frutas”.

Em seguida ela afirma que o telefone, por ter o Apple ID ativado, não tem nenhuma utilidade para os criminosos, e sugere que a vítima não o remova. Acontece que mesmo tendo resetado o aparelho para as configurações de fábrica, ele segue pedindo o login e senha do Apple ID para poder funcionar.

Empresa a buscou após o vídeo

O vídeo viralizou na plataforma do TikTok. Alguns dias depois, Campbell recebeu uma ligação de um gerente da Apple, que lhe disse para remover o vídeo ou “até e incluindo demissão”. Quando ela perguntou o que aconteceria se ela deixasse o vídeo no ar, ela diz que o gerente voltou atrás no comentário original e disse que retornaria para ela, mas até agora não voltou com uma resposta.

“O engraçado é que, depois de revisar as políticas de mídia social... em nenhum lugar diz que não posso me identificar publicamente como um funcionário da Apple, apenas que não deveria fazê-lo de uma maneira que faça a empresa parecer ruim", disse Campbell em um novo vídeo.