Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,39
    0,00 (0,00%)
     
  • OURO

    1.808,70
    +9,00 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    39.869,35
    +847,31 (+2,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,33
    +8,40 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.983,75
    -27,75 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0660
    +0,0075 (+0,12%)
     

Apple admite riscos potencialmente letais do MagSafe para marcapassos

·2 minuto de leitura
Apple admite riscos potencialmente letais do MagSafe para marcapassos
Apple admite riscos potencialmente letais do MagSafe para marcapassos

A Apple atualizou a sua página de suporte do iPhone 12, na última semana, e adicionou uma sessão de riscos que a tecnologia MagSafe pode causar a usuários com marcapassos. De acordo com a empresa, em alguns casos, os imãs contidos no sistema de carregamento do aparelho podem desativar os dispositivos cardíacos.

A especulação de que o novo sistema de carregamento sem fio por bobinas da Apple poderia ser um risco para pacientes com marcapassos é debatida desde o seu lançamento. No entanto, somente agora que a empresa admitiu a periculosidade para os usuários.

Ao longo dos meses, foram realizados diversos estudos para determinar se os imãs MagSafe poderiam causar interferência em dispositivos médicos como marcapassos e desfibriladores. Em alguns casos, ficou constatado que a aproximação do iPhone 12 em marcapassos poderia colocar o dispositivo em uma espécie de modo de espera, o que levaria o paciente a morte, tendo em vista que a reativação do aparelho só pode ser feita em procedimentos médicos.

De acordo com a Apple, em algumas condições específicas, o sistema MagSafe pode causar riscos a imãs e campos eletromagnéticos, podendo interferir em dispositivos médicos como marcapassos, desfibriladores implantados entre outros. Para evitar possíveis interações com esses dispositivos, a Apple sugere que o usuário mantenha o seu iPhone 12 a uma distância segura do dispositivo, em torno de 15 cm do aparelho e 30 do carregador sem fio.

Além disso, a Apple sugere que, se houver dúvidas, o proprietário do iPhone consulte um médico para obter orientações específicas.

Além do iPhone 12, a Apple também destaca que outros dispositivos podem causar riscos aos marcapassos. São eles: fones da linha AirPods com qualquer tipo de carregamento sem fio, Apple Watch e os seus acessórios, bem como pulseiras que contenham imãs, HomePods, iPads e acessórios como cases e Smart Folios, MacBooks, iMacs e fones da linha Beats.

Via SlashGear

Imagem: Jair Lazaro/Unsplash/CC

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos