Mercado fechado

Apple adiará estreia de filme original em meio a investigações contra produtor

Rafael Arbulu

The Banker, uma produção da Apple para o seu serviço de streaming de vídeo, o Apple TV+, tinha a sua estreia programada para o dia 6 de dezembro, primeiramente nos cinemas. “Tinha”, pois a data agora foi postergada: segundo fontes da revista americana Variety, que requisitaram o anonimato, o produtor e consultor do filme, Bernard Garrett Jr., está sob investigação das autoridades dos EUA sobre má conduta sexual (acusações de abuso) e imprecisão narrativa de fatos históricos.

O filme é baseado em fatos reais e conta a história de dois empresários negros dos Estados Unidos da década de 1960, que treinaram um homem branco pertencente à classe trabalhadora comum, para que este agisse com testa-de-ferro (uma pessoa que, publicamente, é a “chefe” de uma entidade, mas secretamente responde a figura ou figuras que são os reais mandantes, mas não querem aparecer) de uma bem-sucedida corporação que atua nos ramos bancário e imobiliário. Anthony Mackie (o Falcão dos filmes da Marvel) vive o falecido Bernard Garrett (pai), enquanto Samuel L. Jackson (Nick Fury, também nos filmes da Marvel) faz o papel de Joe Morris.

(Imagem: Divulgação/Apple)

O Garrett atual, filho, está atuando como o produtor do longa e também como consultor histórico para a construção do enredo e do progresso narrativo do filme, que além do lançamento nos cinemas norte-americanos no próximo mês, também deve ter adiada a sua estreia no Apple TV+, programada para janeiro de 2020. Detalhes sobre as acusações colocadas sobre Garrett não foram divulgadas, então não é possível saber ainda qual o tipo de abuso ele teria cometido. Além disso, como ninguém ainda viu o filme para determinar, também não se sabe quais são as "imprecisões" históricas que ele supostamente cometeu.

"Nós compramos [os direitos por] The Banker no começo do ano, por termos nos emocionado pela história educacional e divertida do filme sobre mudanças sociais e literatura financeira”, disse a Apple. “Na última semana, porém, algumas preocupações sobre o filme nos foram trazidas à atenção. Nós, assim como os produtores, precisamos de um tempo para averiguarmos estes casos e determinar os melhores próximos passos”.

O filme também deveria ter passado por uma pré-estreia durante o American Filme Institute Festival — ou apenas “AFI Fest” —, finalizado no último dia 21. Porém, isso também não aconteceu.

Uma nova data de estreia ainda não foi divulgada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: