Mercado fechará em 3 h 22 min
  • BOVESPA

    116.931,33
    +796,87 (+0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.876,85
    +447,10 (+0,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,68
    +3,05 (+3,65%)
     
  • OURO

    1.735,80
    +33,80 (+1,99%)
     
  • BTC-USD

    20.053,44
    +686,33 (+3,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,70
    +10,26 (+2,30%)
     
  • S&P500

    3.787,27
    +108,84 (+2,96%)
     
  • DOW JONES

    30.298,69
    +807,80 (+2,74%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.650,00
    +364,25 (+3,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1365
    +0,0626 (+1,23%)
     

App leva o Dynamic Island do iPhone para qualquer celular Android

Não levou nem duas semanas para o Android receber um aplicativo capaz de copiar o recurso Dynamic Island, do iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max. O programa "dynamicSpot" reproduz com bastante similaridade a funcionalidade da Apple, introduzida como exclusiva dos celulares mais recentes e poderosos da companhia.

A "Ilha Dinâmica" do Android ainda está em beta, mas já oferece ao usuário várias experiências associadas ao notch, área de recorte onde fica a câmera, sensores e alto-falantes dos aparelhos. É possível visualizar notificações, controlar a reprodução de músicas, desligar alarmes e visualizar o status da bateria.

O aplicativo simula o Dynamic Island em qualquer celular Android (Imagem: Reprodução/Google Play Store)
O aplicativo simula o Dynamic Island em qualquer celular Android (Imagem: Reprodução/Google Play Store)

Diferentemente do rival da Apple, você pode personalizar o local: tamanho, posição e comportamento. É só tocar no pop-up preto no centro da tela para interagir com as notificações ilhadas. Segundo o desenvolvedor, a promessa é entregar ainda mais recursos futuramente.

Antes de tudo funcionar, o app solicita algumas permissões de acesso no seu celular, como notificações e para desenhar na tela, além de escolher quais apps serão afetados. O programa não depende de acesso à internet para rodar e garante não coletar nem compartilhar seus dados pessoais.

O software é gratuito, mas possui algumas limitações, como a não exibição na tela de bloqueio nem formas de interação com toque único na tela. Essa versão Pro custa R$ 24,99, um preço um tanto salgado para algo ainda em desenvolvimento.

O que é o Dynamic Island?

Esta não é a primeira tentativa de reproduzir o recurso no Android. Há pouco mais de uma semana, um criador de temas conseguiu simular a novidade em celulares da Xiaomi. Além disso, duas importantes fabricantes chinesas, Realme e Redmi, já desenvolvem estudos para copiar o recurso do iPhone.

O recurso funciona com bastante criatividade nos celulares da Maçã (Imagem: Reprodução/Apple)
O recurso funciona com bastante criatividade nos celulares da Maçã (Imagem: Reprodução/Apple)

O Dynamic Island foi a forma encontrada pela Apple para dar uma funcionalidade criativa a uma área tradicionalmente perdida na tela dos celulares. O local onde fica a câmera costuma ser apresentado apenas como um recorte preto na tela, que acaba atrapalhando um pouco ao executar programas e vídeos em tela cheia.

No caso da Maça, o recurso depende de uma modificação na tela, por isso que apenas dois modelos topos de linha foram contemplados. A ilha dinâmica exibe vários tipos de informações, como músicas em execução, notificações de apps, alertas de sistema e alarmes programados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: