Mercado fechará em 1 h 2 min
  • BOVESPA

    113.260,11
    +987,10 (+0,88%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.449,66
    -71,77 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,90
    +1,00 (+1,28%)
     
  • OURO

    1.945,30
    +6,10 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    23.158,29
    +7,74 (+0,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    525,88
    +7,09 (+1,37%)
     
  • S&P500

    4.048,37
    +30,60 (+0,76%)
     
  • DOW JONES

    33.863,24
    +146,15 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.771,70
    -13,17 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    21.842,33
    -227,40 (-1,03%)
     
  • NIKKEI

    27.327,11
    -106,29 (-0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.091,50
    +123,50 (+1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5260
    -0,0210 (-0,38%)
     

App Intel Unison pode ser baixado em qualquer PC com Windows 11

O app Intel Unison está disponível para download na Microsoft Store e, por enquanto, qualquer PC pode baixá-lo. A ferramenta de sincronização do celular com o Windows 11 foi anunciada em setembro e dá acesso a mensagens, mídias, notificações e outras funcionalidades do smartphone pelo computador, sem precisar de fios.

O programa da Intel é bastante semelhante ao Vincular ao Celular da Microsoft, várias vezes mencionado pelo Canaltech, mas desenvolvido pela fabricante baseada na tecnologia da startup Screenovate. Com ela, usuários podem vincular o celular Android ou iPhone ao computador e ter acesso a funções do aparelho direto pelo PC, incluindo notificações, mensagens, ligações, galerias e mais.

A grande diferença entre a solução nativa do Windows 11 e o programa da Intel está na compatibilidade: enquanto o programa da MS funciona em celulares Android (e com funções extras em celulares Samsung Galaxy), a solução do Time Azul é compatível também com iPhones, enfim tornando o acesso remoto possível entre o ecossistema da Microsoft e da Maçã.

Mais limitado que o app nativo

Contudo, o programa da Intel ainda é mais enxuto que a ferramenta da MS: não dá, por exemplo, para navegar em aplicativos de forma remota, ou conectar mais de um dispositivo por vez.

Mesmo assim, o recurso da fabricante pode ser uma solução interessante para usuários de iPhone que usam um PC com Windows 11 ou donos de celulares Android de marcas rivais da Samsung que sofrem com ausência de funcionalidades.

Nada impede que a empresa se dedique no desenvolvimento de mais funcionalidades no futuro, inclusive. Sendo assim, é mais uma alternativa que consumidores têm para parear o celular com o PC e poder aproveitar suas funções com mouse e teclado.

Funciona em qualquer PC (por enquanto)

Teoricamente, a ferramenta funciona exclusivamente com computadores equipados com processadores Intel Evo, mas há relatos de que ela pode ser instalada em qualquer máquina com o Windows 11 (talvez, inclusive, em PCs com CPU AMD). Na loja da Microsoft, os únicos requisitos mínimos incluem a versão do sistema operacional 22621.0 (ou mais recente) e um sistema de arquitetura x64.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Porém, é possível que a falta de restrições no download seja temporária. Assim como aconteceu no app Mobile Connect da Dell, a Intel pode determinar requisitos mínimos mais exigentes (como modelo de processador) em breve. Afinal, o produto coloca os notebooks da empresa em destaque, e as capacidades extras do componente garantem vantagens adicionais, como otimizações da plataforma Wi-Fi 6x e o gerenciamento automático de rede do Advanced Connection Manager, que alterna entre Wi-Fi e 5G de forma dinâmica para proporcionar estabilidade ou mais velocidade de download.

O Intel Unison pode ser baixado gratuitamente a partir da Microsoft Store.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: