Mercado fechará em 6 h 6 min
  • BOVESPA

    129.619,56
    +105,95 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.460,21
    -98,11 (-0,19%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,45
    +0,15 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.789,00
    +12,30 (+0,69%)
     
  • BTC-USD

    33.035,80
    -859,74 (-2,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    793,28
    -49,37 (-5,86%)
     
  • S&P500

    4.275,87
    +9,38 (+0,22%)
     
  • DOW JONES

    34.376,07
    +179,25 (+0,52%)
     
  • FTSE

    7.130,13
    +20,16 (+0,28%)
     
  • HANG SENG

    29.288,22
    +405,76 (+1,40%)
     
  • NIKKEI

    29.066,18
    +190,95 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    14.385,00
    +30,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8698
    +0,0075 (+0,13%)
     

App do Google que media distância usando realidade aumentada é descontinuado

·3 minuto de leitura

Por anos, o Google uniu esforços em implementar funcionalidades em realidade aumentada no Android. Uma das adições mais interessantes, o Measure, permitia que usuários estimassem distâncias pela câmera do celular. Infelizmente, sem qualquer aviso, a Gigante das Pesquisas tirou o app do ar, deixando usuários sem alternativas tão refinadas quanto ele.

Os planos do Google em relação ao uso da realidade aumentada passam por remodelagens com certa frequência. No começo, a companhia pensava em incluir a RA no Project Tango, um protótipo de smartphone cujo foco era o reconhecimento espacial por meio de diversos sensores. Contudo, anos depois, o projeto foi substituído pelo ARCore, que garantia a mais dispositivos Android as mesmas capacidades com a tecnologia e é suportado até os dias atuais.

O Measure, por sua vez, era parte do conjunto de aplicações com realidade aumentada do Google. O aplicativo permitia que usuários tirassem medidas a partir da câmera do celular. A ferramenta não era tão precisa quanto obter as distâncias com ferramentas apropriadas, obviamente, mas o acesso prático e a estimativa serviam como quebra galho em certas ocasiões.

Página oficial do Measure só está disponível para quem já baixou o app (Imagem: Reprodução/Android Police)
Página oficial do Measure só está disponível para quem já baixou o app (Imagem: Reprodução/Android Police)

Tão boa foi a ideia do Google, que a Apple correu atrás de criar uma solução semelhante para os próprios aparelhos — na App Store e com exatamente o mesmo nome: Measure. Em ambos os casos, a solução era quase mágica: bastava apontar a câmera do celular para um objeto e fixar os pontos inicial e final para tirar a medida.

Por não ser um dos principais aplicativos do Google, o Measure não recebia tanta atenção. As atualizações dele eram feitas com grandes intervalos entre si e o app até chegou a ser parte do software de câmera nativo em testes. Em 2020, o recurso ganhou novas animações e mais conversões de unidade, tornando-se ainda mais completo.

Entretanto, como flagrou o site Android Police, ele não está mais listado na Play Store. Ao acessar o link do antigo app, usuários que nunca vincularam a conta ao serviço não conseguem mais encontrá-lo, enquanto aqueles que já o baixaram em algum momento ainda têm acesso à página oficial, onde é possível ler o seguinte: “este aplicativo não é mais suportado e não receberá mais atualizações”.

O Measure deve continuar funcionando se estiver baixado no celular, mas o Google pode implementar formas de controlar o acesso. Ademais, não está claro se a companhia só decidiu seguir outros caminhos — e decidiu abandonar a ferramenta — ou se colocará suas funções em outro software e não vê mais necessidade em distribuí-lo individualmente na Play Store.

Distribuidores alternativos de aplicativos, como o APK Mirror, permitem o download da última versão do Measure, contudo, é necessário autorizar a instalação de apps por fontes desconhecidas no Android para colocá-lo em ação.

O que você achou da ação sem aviso do Google? Acha que o Measure é só mais um dos aplicativos abandonados pela gigante ou que vai fazer falta? Deixe sua opinião.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos