Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.891,52
    -2.138,82 (-5,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

App Fotos do iOS agora lê conteúdo de imagens estilo Google Lens

·2 minuto de leitura

A Apple chegou com os pés no peito contra o Google na WWDC 2021. A companhia apresentou várias soluções que chegam como concorrentes de peso para os produtos da Gigante das Pesquisas, incluindo uma versão própria do Google Lens e melhorias no “Memórias” da galeria de fotos nativa, aproveitando, como sempre, da íntima integração com outros serviços da Maçã.

Uma das mais interessantes das novidades é o escaneamento de imagens pela câmera com apoio de redes neurais, batizado como Live Text pela Apple. Nos moldes do Google Lens, a câmera do iPhone será capaz de identificar objetos, animais, pessoas e até texto em tempo real.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Assim como a lente do Google, as câmeras de dispositivos Apple serão capazes de identificar textos para copiar, traduzir, pesquisar ou compartilhar com qualquer outra pessoa. Esse mesmo recurso também funciona para pesquisar imagens, produtos e encontrar detalhes de coisas que passa pelo caminho, como letreiros e painéis.

Passou por flores, um livro ou um quadro desconhecido e quer saber mais? Basta apontar a câmera e usar a ferramenta de pesquisa (Imagem: Reprodução/Apple)
Passou por flores, um livro ou um quadro desconhecido e quer saber mais? Basta apontar a câmera e usar a ferramenta de pesquisa (Imagem: Reprodução/Apple)

As capacidades da câmera serão reforçadas com os outros serviços da Apple, como o mapa — para encontrar uma cafeteria com uma logo que chamou a atenção, por exemplo —, identificar flores, pesquisar mais sobre livros, locais, obras de arte e até a origem dos bichinhos de casa.

O recurso também será capaz de identificar elementos a partir de capturas de tela ou de fotos da galeria. Assim, o recurso será capaz de auxiliar na pesquisa de produtos por imagens encontradas na internet ou traduzir o conteúdo de alguma página da web.

Memórias no Apple Fotos

Para competir diretamente com o Google Fotos, a Apple também deu atenção a sua galeria nativa. A galeria será mais inteligente e, de quebra, integrada com o Apple Music para dar mais vida aos melhores registros, destacados pelo "Memórias".

Tela de edição permite adicionar uma música e aplicar filtros nas melhores fotos (Imagem: Reprodução/Apple)
Tela de edição permite adicionar uma música e aplicar filtros nas melhores fotos (Imagem: Reprodução/Apple)

Na prática, o recurso é bem parecido com a solução com inteligência artificial do Google Fotos, em que edita fotos e vídeos de assuntos ou momentos relacionados em um clipe único. No caso da Apple, os pequenos vídeos contarão com a trilha sonora do Apple Music — e, claro, baseados no gosto do usuário.

Usuários também poderão modificar as memórias individualmente a partir do "Mix de memórias". A ferramenta funciona como uma espécie de editor de vídeo simplificado, permitindo a adição individual das melhores fotos e a aplicação de filtros, tudo direto na mesma tela.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos