Mercado fechará em 5 h 17 min
  • BOVESPA

    109.494,49
    +1.006,61 (+0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.579,86
    +61,56 (+0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,57
    -0,71 (-0,64%)
     
  • OURO

    1.852,10
    +10,00 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    30.244,08
    +261,42 (+0,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    678,63
    +3,75 (+0,56%)
     
  • S&P500

    3.945,55
    +44,19 (+1,13%)
     
  • DOW JONES

    31.736,14
    +474,24 (+1,52%)
     
  • FTSE

    7.489,54
    +99,56 (+1,35%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    11.932,00
    +91,25 (+0,77%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1189
    -0,0339 (-0,66%)
     

App atua como pâncreas artificial e pode salvar vida de crianças com diabetes

·2 min de leitura

Na última quinta-feira (20), um estudo publicado na revista científica New England Journal of Medicine trouxe à tona um aplicativo chamado CamAPS FX, que, combinado com um monitor de glicose e uma bomba de insulina, atua como um pâncreas artificial. A invenção usa um algoritmo para determinar a quantidade de insulina administrada.

Os cientistas de Cambridge atestaram que a utilização do app é segura e eficaz no gerenciamento dos níveis de açúcar no sangue, e descreveram como a tarefa de controlar o diabetes tipo 1 em crianças muito pequenas é realmente árdua, por conta alta variabilidade nos níveis de insulina e pela resposta aos tratamentos disponíveis.

O CamAPS FX ajusta automaticamente a quantidade de insulina que fornece, com base nos níveis de glicose previstos ou em tempo real. Na prática, o tutor da criança deve administrar insulina na hora das refeições, mas em todos os outros momentos o algoritmo funciona sozinho.

App atua como pâncreas artificial pode salvar vida de crianças diabéticas (Imagem: ClickandPhoto/Envato)
App atua como pâncreas artificial pode salvar vida de crianças diabéticas (Imagem: ClickandPhoto/Envato)

O app aprende quanta insulina a criança precisa por dia e como isso muda em diferentes momentos do dia, e usa isso para ajustar os níveis de insulina, ajudando a atingir os níveis ideais de açúcar no sangue. Para testar sua eficácia, a equipe recrutou 74 crianças com diabetes tipo 1, com idades entre um e sete anos. Todas usaram o CamAPS FX por 16 semanas e, em seguida, passaram 16 semanas apenas com o monitoramento manual.

Segundo esse estudo, as crianças passaram 71,6% do tempo com os níveis de glicose controlados, o que representou quase nove 9% a mais em comparação com o monitoramento manual. Por enquanto, o CamAPS FX está disponível apenas no Reino Unido. A equipe espera disponibilizá-lo de forma mais ampla, mas ainda não há uma previsão de quando chega a outros países.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos