Mercado fechado

'Tenho vitiligo e não me envergonho disso', diz Sophia Alckmin

'Tenho vitiligo e não me envergonho disso', diz Sophia Alckmin

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Sophia Alckmin, filha do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), contou aos seus seguidores da rede social Instagram que tem vitiligo, doença de pele que provoca perda da pigmentação.

Segundo ela, as primeiras manchas apareceram após a morte do irmão, o piloto de helicóptero Thomaz Alckmin, em 2015. "Minhas manchinhas. Eu tenho vitiligo, descobri (ou apareceu) uns 2 anos atrás, depois da morte do meu irmão Thomaz. Não existe tratamento com eficácia comprovada nem cura (ainda!)", disse a influenciadora digital em publicação feita nesta terça (19).

"No começo fiz algumas sessões de laser para tentar recuperar a coloração da pele mas achei que não estava dando resultado e parei, resolvi aceitá-las. Hoje tenho nas mãos, pés e ao redor dos olhos", completou. 

Vitiligo é uma doença autoimune cujos tratamentos atuais (cremes com esteroides e fototerapia) podem ser eficazes em alguns casos, mas não conseguem reverter totalmente a doença.

Segundo Sophia, seus seguidores costumam fazer perguntas em fotos e vídeos que ela divulga no Stories —ferramenta do Instagram para publicações que desaparecem em 24h.  

"Quando eu descobri, não conhecia mais ninguém que tivesse. Mas de verdade, hoje não me incomoda mais, tanto que nem penso nisso. Graças a Deus não afeta em nada a minha vida, poderia, no máximo, afetar a minha vaidade se eu permitisse. Enfim, tenho vitiligo e não me envergonho disso."