Mercado abrirá em 8 h 27 min

Após receber PF em casa pela 2ª vez, Allan dos Santos xinga Alexandre de Moraes e o compara a Hitler

Allan dos Santos, durante a primeira ação da PF de busca e apreensão em sua casa, no dia 27 de maio. (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, dono do canal Terça Livre, ofendeu o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), classificando sua conduta como “imoral, pífia, pérfida” e o comparou a ditadores como Adolf Hitler, Josef Stalin e Mao Tsé-Tung.

As falas, feitas na manhã desta terça-feira (16) durante uma transmissão ao vivo, ocorrem após dos Santos ser alvo pela segunda vez de uma operação da PF (Polícia Federal), que cumpriram em sua casa mandado de busca e apreensão. Ele confirmou que ao menos três computadores foram apreendidos pela PF, além de celulares.

Leia também

“Mais uma vez, a PF aqui na minha casa (...). Alexandre de Moraes, usando a força policial, a força do Estado, para jogar brasileiro contra brasileiro. Olha o que a Suprema Corte desse país está fazendo, jogando brasileiro contra brasileiro. (...) Moralmente falando, a sua conduta (Alexandre de Moraes), é de um verme. Um verme imoral, deu para entender isso, Alexandre? Um verme, um lixo”, disparou o blogueiro, que já tinha sido alvo da PF no dia 27 de maio.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O inquérito foi aberto em abril, a pedido da Procuradoria-Geral da República, para investigar, dentro da Lei de Segurança Nacional, a organização e o financiamento de atos contra a democracia. Em algumas dessas manifestações com pautas inconstitucionais tiveram participação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em diversos finais de semana em Brasília.

Além deste, outros 20 mandados foram cumpridos na ação contra alvos em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Maranhão. Entre os demais mandados, está um contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), que confirmou que “está incomodando algumas esferas do velho poder".

Ainda na live, Santos comparou as determinações judiciais de Alexandre de Moraes para cumprimento dos mandados de busca e apreensão a atitudes de ditadores, além de afirmar que o ministro chegou à Corte “vendendo sua alma”.

“Colocar brasileiro contra brasileiro. Sabe quem fazia isso, Alexandre? Hitler, Stalin, Mao Tsé-Tung. (...) A sua conduta é a conduta de um verme. Pode fazer o que você quiser, você não vai me calar. (...) Você não tem honra, você não sabe o que é honra. Sabe como chegou a ser ministro da Suprema Corte? Vendendo sua alma. (...) Pode mandar a PF, pode mandar fazer busca e apreensão, eu vou continuar dizendo que a sua conduta é imoral, pífia, pérfida. A sua alma já é corrupta.”, completou ele.

ATIVISTA PRESA

Nesta segunda-feira (15), Sara Winter, ativista bolsonarista, foi presa em Brasília pela Polícia Federal. O mandado também foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes. Outros cinco mandados de prisão no Distrito Federal foram pedidos pela Justiça.

Ela é investigada no inquérito das fake news, sob suspeita de ameaça aos ministros do Supremo Tribunal Federal, e foi alvo de busca e apreensão. A Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou o material da investigação sobre ela à Procuradoria da República no Distrito Federal (PR-DF) há duas semanas, depois que Sara publicou vídeo com ameaças ao ministro Alexandre de Moraes.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.