Mercado fechado

'Playboy' vende revista de Luana Piovani por um centavo

1 / 1

2 - Modelo trans estampa capa da 'Playboy' alemã pela primeira vez 

2 - Modelo trans estampa capa da 'Playboy' alemã pela primeira vez 

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A revista "Playboy" fez uma promoção relâmpago para vender edições que estavam paradas no estoque. Mas, o que chamou atenção foi o fato de a capa de Luana Piovani ser comercializada por apenas um centavo durante o último final de semana.

A promoção ocorreu no site da revista, que comercializa as capas de colecionador da publicação. Na segunda (8), a edição estampada pela atriz global voltou a ser vendida por R$ 20, assim como as demais capas da revista. A assessoria da "Playboy" não foi localizada pela reportagem 

Piovani foi a primeira capa da nova "Playboy". Na época, a atriz afirmou que aceitou o convite para fazer o ensaio sensual por causa da mudança de conceito da revista, que passou para a editora PBB, e não recebeu cachê para ser capa.

"A mudança trouxe uma nova cara para a 'Playboy', e foi aí que me encantei. A revista convida as mulheres para fazerem o ensaio, e elas fazem da forma que querem e mostram o que querem. É para isso que estamos lutando. Não sou obrigada a colocar dedinho na boca para fazer punheteiro gozar", disse ela.

Além de escolher cenário e fotógrafo da edição, que foi publicada em abril de 2016, ela pôde vetar as fotos antes e depois dos retoques. Alinhada à imagem da "mulher de verdade", a atriz reiterou que fez o possível para fugir do excesso de tratamento de imagem.