Mercado abrirá em 20 mins

'Estava revoltada e triste', diz Susana após despedida de Júlio César

1 / 1

'Estava revoltada e triste', diz Susana após despedida de Júlio César

'Estava revoltada e triste', diz Susana após despedida de Júlio César

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Após a despedida de Julio Cesar no Flamengo, no último sábado (21), Susana Werner desabafou sobre a curta, mas conturbada temporada do goleiro no time. O jogador queria encerrar a carreira no clube que o revelou, mas a atriz, que mora em Portugal, não gostou nem um pouco de mudar de país mais uma vez. A mulher do agora ex-atleta publicou um longo texto no Instagram explicando sua irritação com o marido.

"Sim, eu estava chateada, nervosa, preocupada, irritada, revoltada, triste, nem sei como eu estava, mas novamente as coisas teriam que ser decididas naquele momento. Foi assim quando nos mudamos para Londres e foi assim quando nos mudamos para Toronto. Eu chorava muito, dá um certo desespero quando você está com a vida toda arrumada e vai para outro país viver por apenas quatro meses. [...] Dessa última vez, eu achava que era o momento de ele parar e estar conosco, se cuidar e seguir novos rumos", escreveu Susana.

"Eu o sigo há 17 anos, sempre preocupada se ele está se cuidando, principalmente antes dos jogos: das vezes em que ele queria beber, ou quando queria sair e eu achava legal a gente ficar quieto em casa, quando a coluna dava sinais de desgaste e eu martelava para ajeitar a postura no sofá da sala ou para fazer o tratamento X, Y ou Z. Foram muitos aniversários perdidos e eu nunca chorei por isso, arranjava a solução e comemorava um mês antes", prossegue a atriz.

"Mas há também aqueles momentos em que você segura a barra sozinha: quando tivemos nossa filha (no Brasil) e tivemos que ficar sem o pai por meses pois estava ganhando a posição de titular em outro país e por fim veio a conhecer a Giulia com um mês de vida (ela fica 'braba', mas um dia também entenderá) e é assim por todos os anos de carreira, a gente segue apoiando alguém que está lutando por nós, mas um dia isso tudo passa", continuou a mulher de Julio Cesar.

Susana encerra o texto aliviada pelo fim da carreira do marido no futebol e prometendo parar de impedir Julio Cesar de fazer coisas que o prejudiquem no trabalho.

"O guerreiro batalhou, acabou a guerra e voltou para casa. É hora de descansar, curtir os filhos, ir aos aniversários, casamentos e nascimentos. Rever pessoas, viajar com a esposa (acreditem, nunca viajamos sozinhos, pois os momentos que tínhamos eu fazia questão de dividi-los com familiares e amigos). Tenho a certeza de que também sentirei falta de te impedir de fazer coisas que te prejudiquem no trabalho... eu também mudarei o meu foco: que era a sua luta. Sim, vivi cada momento dela, ganhei e sorri, perdi e sofri contigo. Já podemos tirar o foco, a partir de amanhã estaremos voltando ao plano aberto da vida como ela é...", concluiu.