Mercado fechado

Após desistir de IPO, agora Havan mira abrir capital em 2021

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O polêmico Luciano Hang.
O polêmico Luciano Hang.

A rede de lojas Havan, do empresário Luciano Hang, pode ter desistido de abrir o capital em 2020, mas isso não quer dizer que os planos tenham sido totalmente cancelados.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Nesta terça-feira (28), foram divulgados documentos pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que oficializam a desistência do IPO em 2020.

Leia também

Mas, segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, Hang e a Havan planejam retomar já em 2021 os planos de colocar os papéis da rede na bolsa de valores de São Paulo.

O motivo do cancelamento do IPO neste ano foi o desalinhamento entre as expectativas dos controladores da Havan – que miravam um valor de mercado na casa dos R$ 70 bilhões – e as dos investidores, que viam uma avaliação abaixo desse alvo.

Agora, o plano é deixar passar o ano, que foi especialmente intenso em pedidos de aberturas de capital na B3, para tentar no ano que vem as condições mais favoráveis à abertura de capital da rede.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube