Mercado abrirá em 5 h 29 min

Após críticas, Simone explica porque decidiu ter filha nos EUA

Redação Vida e Estilo
·1 minuto de leitura

Em uma série de stories publicados nesta quarta-feira (23), Simone, da dupla com Simaria, rebateu críticas que recebeu após anunciar que fará seu parto nos EUA em meio à pandemia da Covid-19. A cantora, grávida de Zaya, decidiu permanecer mais algumas semanas em Orlando para supervisionar a reforma de uma casa que adquiriu recentemente e que pretende alugar para brasileiros.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Vou receber uma casa aqui em Orlando, no final de janeiro. Temos que fazer uma quarentena para vir para cá. Quando a casa foi comprada, a ideia era tematizar para, quando os brasileiros viessem para Orlando, ficassem na casa da coleguinha. Tem que fazer a mobília, as coisas. Se eu estivesse distante, a casa ia ficar muito tempo parada. O dólar com preço que está, condomínio, luz e não sei mais... Sem a casa funcionar, a marreta cai do rabo, não está fácil. Também tinha esse propósito de organizar essas coisas", explicou Simone.

Leia também

A cantora, casada com Kaká Diniz, já é mãe de Henry, de seis anos, e recentemente usou seu stories para falar que teve muito medo de ficar grávida novamente em meio a uma pandemia.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube