Mercado fechado

Após assédio, Phellipe Haagensen pede desculpa: "Arrependido"

Foto: Reprodução/Instagram (@ph_haagensen)

Phellipe Haagensen foi expulso do reality ‘A Fazenda’ no fim de setembro após beijar Hariany Almeida sem o consentimento dela. Nesta segunda-feira (4), porém, o ator usou o Instagram para pedir desculpas pelas atitudes dentro do programa da Record.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

“Aprendizado, resiliência e desconstrução sempre, é isso que busco. Estou aqui para pedir desculpas a Hariany Almeida, a sua família e a todas as mulheres e pessoas que se sentiram ofendidas com as minhas falas e comportamento dentro do jogo”, iniciou.

Leia também

Ainda segundo ele, a experiência serviu para o aprendizado. Antes, Phellipe se defendia dizendo que Hariany “ficava olhando” e sua “estratégia dentro do jogo” era provocar a peoa. Após um mês fora do confinamento, o ator mudou o discurso.

“Não importa o que pensei na hora, qual era meu objetivo no jogo, o que importa nesse momento é que através dessa atitude, outras pessoas possam aprender também com meu erro. Também peço perdão para minha mãe, para minhas filhas e as mulheres da minha família, mas principalmente para a Luana Safire (assessora), que me representou aqui fora, com muita garra”, argumentou o rapaz.

No texto, Phellipe também agradeceu à Record pela oportunidade e afirmou que seu objetivo dentro do programa não era ganhar dinheiro, mas se conhecer melhor. Daqui pra frente, o ator pretende investir na música e levar uma vida simples.

“Quero que a minha vida, seja instrumento de Deus, e eu possa fazer de toda dor, amor. Quero que tenhamos um mundo com menos julgamentos, e mais mãos estendidas para ajudar o próximo a evoluir. Estou evoluindo, estudando e aprendendo a ser um ser humano cada vez melhor”, finalizou.

Além do textão, Phellipe gravou um vídeo:


Entenda o caso

Phellipe Haagensen foi expulso no dia 29 de setembro. A Record anunciou a decisão ao vivo após o peão beijar Hariany Almeida sem o consentimento dela na madrugada de sábado (28). O caso ficou entre os assuntos mais comentados nas redes sociais.

“Beijo roubado e forçado, ‘encoxada’, mãos bobas são considerados crimes sexuais. É proibida qualquer ação que coloque em risco a integridade física dos participantes e a produção deve cumprir o regulamento, mas também deve cumprir as leis. Em razão da demonstração de inconformismo da Hariany, por sentir-se invadida pelo beijo, que de fato aconteceu, e foi assumido textualmente pelo Phellipe, o departamento jurídico da Record TV decidiu que ele deve sair do programa. Diante desses fatos, a partir desse instante, Phellipe está expulso e não continua na nossa competição”, afirmou Marcos Mion.

Antes disso, a Record exibiu um vídeo em que Hariany denuncia o caso: “O Phellipe me assediou, beijou a minha boca sem eu querer. Estava discutindo com ele e ele me deu um beijo. Depois a gente estava discutindo de novo e ele tentou me agarrar. Acredito que isso não seja certo. Ele já denegriu outras mulheres. Não acho isso certo e estou vindo aqui para informar vocês, pra vocês ficarem de olho, pra ver se vocês acham isso certo, se é certo mesmo ter um cara louco como esse no meio da gente. Essa pessoa passou dos limites e eu não poderia deixar isso passar.”

Os peões souberam da decisão da emissora por meio de uma ficha deixada na despensa. Thayse, que se incomodou muito com a atitude de Phellipe durante a confusão, comemorou a expulsão do peão. Alguns participantes, porém, lamentaram o ocorrido.

O beijo roubado

Tudo começou quando o peão, famoso por sua participação no filme ‘Cidade de Deus’, criticou Diego Grossi por ter pulado na cama de Andréa Nóbrega. O clima ficou acirrado, Hari interveio e Phellipe roubou um selinho da jovem de 22 anos.

“Se eu quiser te denunciar, eu denuncio, seu otário. Você é louco. Eu tenho namorado, tenho uma família, você tem que me respeitar”, disse Hariany.

A equipe do peão se pronunciou sobre o ocorrido e revelou que "o jogo do Phellipe é de desestabilizar as pessoas". Os familiares de Hariany, por sua vez, divulgaram uma nota dizendo que “estão totalmente consternados pelo atentado contra a dignidade sexual sofrido pela participante”.

Marcos Mion foi atacado nas redes sociais após o episódio. Algumas pessoas criticaram o comunicador por ele não ter tratado o tema com gravidade e reclamaram da demora da emissora em se posicionar.

“A todos os fãs da ‘Fazenda’, um lembrete: eu não faço a edição do programa, não escolho as imagens e não sou diretor, sou apenas o apresentador. A minha opinião pessoal sobre o ocorrido é muito óbvia para qualquer um que me segue, mas ela não cabe e não interessa ao programa”, defendeu-se Mion.