Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,31
    -0,66 (-0,92%)
     
  • OURO

    1.748,90
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    46.075,54
    -1.954,32 (-4,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.151,85
    -73,68 (-6,01%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.051,73
    -869,03 (-3,49%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.231,50
    -94,50 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1876
    -0,0118 (-0,19%)
     

Após 99 anos, carros deixam de usar chumbo na gasolina

·2 minuto de leitura
O composto contava com o chumbo tetraetila, que está associado a sérios problemas de saúde. O uso foi patenteado em 1922 e, durante os anos 1970, estava presente em quase todo o mundo. (Joe Giddens/PA Images via Getty Images)
  • Argélia era o último país a vender combustível com chumbo

  • Composto era usado desde 1922 e foi difundido em mais de 173 países

  • Aviões de pequeno porte ainda usam composto com chumbo

O Programa Ambiental das Nações Unidas anunciou na última segunda-feira (30) que depois de quase um século, o mundo não usa mais gasolina com chumbo. A Argélia foi o último país a deixar de vender o combustível com o produto químico.

O composto contava com o chumbo tetraetila, que está associado a sérios problemas de saúde. O uso foi patenteado em 1922 e, durante os anos 1970, estava presente em quase todo o mundo.

Leia também:

As consequências foram desastrosas e só foram totalmente compreendidas depois que surgiram casos de envenenamento por chumbo nos Estados Unidos. Os pesquisadores descobriram que mesmo os baixos níveis de exposição ao chumbo afetavam o cérebro humano, especialmente em crianças, às vezes reduzindo seus níveis de inteligência e retardando os reflexos. O combustível também estava relacionado a doenças cardíacas, derrames e certos tipos de câncer.

O anúncio do fim da presença de chumbo na gasolina acontece duas décadas depois do início do Programa das Nações Unidas pelo Meio Ambiente. A campanha foi iniciada em 2002, quando 117 países ainda usavam gasolina com o composto químico.

Em comunicado, o diretor do PNUMA, Inger Andersen, afirmou: "A aplicação bem-sucedida da proibição da gasolina com chumbo é um grande marco para a saúde global e nosso meio ambiente”.

A proibição do uso de combustível com chumbo em veículos evitou mais de 1,2 milhão de mortes prematuras por ano, de acordo com o PNUMA. Também melhorou os níveis de inteligência entre as crianças e economizou US$ 2,45 trilhões para a economia global anualmente, sugeriu um estudo da California State University.

Mas o fim de seu uso em veículos rodoviários após 99 anos não significa que o chumbo foi eliminado de todos os combustíveis, e o envenenamento por chumbo ainda é uma preocupação para a saúde, especialmente para crianças.

A indústria da aviação continua a queimar AvGas (combustível para aviação, em inglês), um composto que contém chumbo, para alimentar pequenas aeronaves com motor a pistão usadas em viagens pessoais e de negócios, aulas de pilotagem, agricultura e combate a incêndios.

"Temos que dizer, porém, que em termos de carga de chumbo, é uma carga menor do que vimos na frota de transporte. Isso não significa que não seja importante", disse Andersen no mesmo comunicado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos