Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.132,20 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,62 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    36.471,52
    +114,92 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +76,96 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,12 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    -0,0485 (-0,75%)
     

Apoiado pelo guitarrista do 'The Who', grupo de Rap da Rocinha lança música 'Se ela joga'

Amanda Pinheiro
·2 minuto de leitura

O som que antes estava entre os becos e vielas da favela da Rocinha agora se expandiu. Isso porque o Covil do Flow, lança nesta quarta-feira, (25), a música "Se ela joga", em todas as plataformas digitais. Com oito componetes, o grupo, que nasceu em uma das maiores favelas do Brasil, foi contratado pelo Selo Trojan Brasil, do produtor Zak Starkey, baterista do The Who, e sua mulher, Sharna "Sshh" Liguz, cantora e produtora australiana.

Para Victor Vergeti (Ami$h), um dos integrantes, o lançamento e a parceria com o Selo é uma chance de virada na carreira do grupo.

— Estamos vivendo o nosso melhor momento, com certeza vamos lembrar com muito carinho no futuro. Fechar essa parceria com o Selo Trojan é incrível. E tem conexão com a mensagem que passamos nas nossas canções, porque queremos mostrar que é possível, a arte mudou a nossa vida. Nós tínhamos tudo para não chegar neste lugar agora, mas chegamos e estamos felizes com isso — declarou Ami$h.

Antes de serem contratatos por Zak Starkey, que também é filho de Ringo Starr, dos Beatles, em 2017, o grupo Covil do Flow (CDF), conheceu o rapper inglês Same Old Sean, que estava hospedado em uma casa na Rocinha, ao lado do estúdio dos meninos. Após ouvir a música do CDF, Sean se interessou pela carreira deles e, depois de dois anos, fez a conexão com Zak, que também se encantou.

— Ter esse contato com artistas internacionais e a oportunidade de evoluir musicalmente com eles é maravilhoso. Nós não esperávamos isso agora e ficamos surpresos. É um momento bem importante, porque mais animados, aprendendendo e tem sido um divisor de águas. Nunca tivemos a oportunidade de sair do país, por exemplo, mas com essa parceria, tudo indica que teremos em breve. E estamos ansiosos — disse.

O grupo, formado por Jefferson Rodrigues (Nice), Victor Oliveira (VT), Josinaldo Galdino (Nalk), Igor Andrade (ROGI), Luam Marcelino (Marcelino), Victor Vergeti (Ami$h), Anderson Pontes (Pescada) e Lucas Marcelino (MDG), fez seu primeiro lançamento em março deste ano, com a música "FavelaTown". Inspirados pelos Racionais MC's, Mv Bill, Marcelo D2 e Black Alien, os meninos pretendem expandir o nome do grupo.

— Queremos lançar um trabalho novo, agenda de shows, tentar viajar para fora do Brasil junto com os nosso parceiros e levar o nosso nome para diversos lugares. Nessa parceria inicial, temos um outro clipe para lançar e o público pode aguardar ansiosa, porque como o Zak diz: 'o grupo mais versátil da atualidade de favela, veio para ficar'. Então, com certeza vem coisa boa e original no caminho