Mercado abrirá em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    109.068,55
    -1.120,02 (-1,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.725,96
    -294,69 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,49
    +0,48 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.795,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    16.825,38
    -0,77 (-0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,08
    -6,95 (-1,73%)
     
  • S&P500

    3.933,92
    -7,34 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    33.597,92
    +1,58 (+0,00%)
     
  • FTSE

    7.485,67
    -3,52 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.530,75
    +21,25 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4745
    +0,0081 (+0,15%)
     

Aplicativo Pardal, do TSE, registra mais de 4 mil denúncias de propaganda eleitoral irregular neste domingo (2)

Aplicativo Pardal, do TSE, registra mais de 4 mil denúncias de propaganda eleitoral irregular neste domingo (2)
Aplicativo Pardal, do TSE, registra mais de 4 mil denúncias de propaganda eleitoral irregular neste domingo (2)

O aplicativo Pardal, elaborado pelo Justiça Eleitoral para abrigar as reclamações da população a respeito das anormalidades encontradas nas campanhas eleitorais, registrou 4.872 denúncias de propaganda eleitoral irregular neste domingo (2).

Desde o dia 16 de agosto – data em que iniciou a propaganda eleitoral – foram registradas 37.026 denúncias por meio do app.

Confira o total de denúncias de acordo com as regiões:

  • Sudeste: 13.144

  • Nordeste: 10.837

  • Sul: 6.292 relatos

  • Centro-Oeste: 4.107

  • Norte: 2.646

A maioria das denúncias de propaganda eleitoral irregular se refere às campanhas para deputado federal, com 12.642 casos. Já as campanhas para deputado estadual registram 12.439 denúncias.

Leia mais:

Saiba como usar o Pardal

O uso do aplicativo é bastante simples. Em primeiro lugar, é preciso instalá-lo em seu dispositivo – clique aqui para acessá-lo na loja do Android, ou aqui para encontrá-lo na loja do iPhone. Com ele instalado, siga as orientações abaixo:

  • Na página inicial do Pardal, selecione a opção Fazer uma denúncia;

  • É preciso escolher qual é a irregularidade a ser denunciada: propaganda irregular ou práticas vedadas pela justiça eleitoral na internet;

  • No caso de uma denúncia de propaganda irregular, o aplicativo perguntará em qual unidade federativa a irregularidade foi encontrada. Selecione seu estado ou o Distrito Federal, se for o caso;

  • A segunda informação solicitada é o município em que a irregularidade foi detectada; escolha sua cidade a partir da lista disponibilizada, ou busque pelo nome dela;

  • O aplicativo perguntará em qual bairro a irregularidade foi encontrada; selecione um da lista ou busque pelo nome;

  • A próxima informação solicitada é o endereço ou ponto de referência em que a irregularidade foi detectada. Digite o nome da rua ou avenida;

  • A segunda etapa do processo de denúncia solicita quem será denunciado: escolha a eleição geral de 2022 e depois selecione se a denúncia é para um partido, coligação, candidato ou federação partidária;

  • Selecione para qual cargo o denunciado está concorrendo: presidente, vice-presidente, governador, vice-governador, deputado estadual, deputado federal, deputado distrital, senador, 1º suplente ou 2º suplente (os dois últimos cargos são ligados ao candidato ao Senado Federal);

  • O aplicativo exibirá todos os partidos, coligações, candidatos ou federações disponíveis, de acordo com o que foi selecionado. Escolha quem será denunciado na lista exibida;

  • A terceira etapa solicitará qual é a denúncia feita e também uma foto, vídeo ou áudio com a irregularidade detectada. Você pode usar a câmera do seu dispositivo, ou então selecionar arquivos armazenados no celular;

  • Por fim, o aplicativo solicitará dados referentes ao denunciante (no caso, você!). As informações são sigilosas; digite o que for solicitado e toque no botão para enviar.

Pronto! Sua denúncia foi enviada. A partir de agora, o TSE verificará as informações para detectar se de fato há irregularidade na propaganda enviada. Você pode conferir todas as denúncias feitas selecionando a opção Consultar uma denúncia na página inicial do app.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!