Mercado abrirá em 1 h 20 min
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,02
    -0,13 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.747,40
    +11,10 (+0,64%)
     
  • BTC-USD

    62.455,25
    -1.613,34 (-2,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.362,38
    -13,40 (-0,97%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.961,94
    +22,36 (+0,32%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.642,69
    +21,70 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    13.889,25
    +90,50 (+0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7638
    -0,0091 (-0,13%)
     

Aplicativo de mensagens Signal para de funcionar na China

·1 minuto de leitura
Signal

SHENZHEN, China (Reuters) - O aplicativo de mensagens codificadas Signal parece não mais funcionar na China sem o uso de uma rede virtual privada (VPN), afirmaram usuários naquele país nesta terça-feira.

As autoridades de fiscalização do ambiente digital na China ficaram cada vez mais restritivas nos últimos anos, ampliando sua atuação sobre aplicativos, veículos de mídia e sites de redes sociais.

O site do Signal também não podia ser acessado na China nesta terça-feira.

Porém, o app ainda estava disponível na loja de aplicativos da Apple na China e o Signal e o site dele operavam normalmente em Hong Kong.

Representantes do Signal não comentaram o assunto e a Administração do Ciberespaço da China não pode ser contatada para se manifestar.

O Signal viu um salto nos downloads no mundo depois de 6 de janeiro, quando o WhatsApp atualizou seus termos de serviço, reservando-se o direito de compartilhar dados dos usuários, incluindo localização e número de telefone, com Facebook, Instagram e Messenger.