Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.380,25
    +422,93 (+1,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Aplicativo de música da Apple será reconstruído do zero para o macOS

·1 min de leitura

A Apple pode estar em fase de conclusão do aplicativo Música para macOS totalmente reformulado e nativo do sistema operacional. A informação veio de código encontrado na versão beta do macOS Monterey 12.2, liberado exclusivamente para desenvolvedores, que continha traços do programa feito com o AppKit, a estrutura de interface nativa do sistema operacional.

Aparentemente, a mudança não deve ter impacto significativo no desempenho nem na aparência do programa. Usuários do Mac poderão perceber uma exibição um pouco mais rápida na pesquisa de mídia, em razão da resposta nativa em vez da busca na web.

Visualmente, não há muita diferença entre os programas (Imagem: Reprodução/9to5Mac)
Visualmente, não há muita diferença entre os programas (Imagem: Reprodução/9to5Mac)

Também pode ter uma pequena melhoria na rolagem, gestos e animações do software, mas sem mudanças visuais. Na verdade, a nova versão parece até que fica devendo alguns efeitos de sombra, por exemplo, mas isso provavelmente só deve ser inserido no estágio final do desenvolvimento.

Hoje, o aplicativo original utiliza o JET para transformar um conteúdo da web em aplicativo nativo, o que obviamente não é tão eficaz quando construir um sistema com a ferramenta adequada.

Música recriado para o macOS

O Música é o substituto para o iTunes, embora utilize praticamente a mesma estrutura do antecessor e seja dependente do conteúdo do Apple Music (o streaming musical da Apple). Muita gente criticou quando a Maçã fez a troca porque o novo app teria supostamente apresentado lentidão e problemas de usabilidade.

É claro que ainda é cedo para fazer afirmações concretas, porque apenas o código foi localizado e ainda há possibilidade muita coisa mudar. A Apple já reconstruiu partes do aplicativo Apple TV com o JET na versão anterior do Monterey, mas a recriação do zero pode significar uma nova investida da companhia

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos