Aplicativo 'anti-social' te ajuda a fugir de pessoas indesejadas

SÃO PAULO - Encontrar ex-namorados (as), chefes e outras pessoas indesejadas em um bar, shopping, restaurante ou mesmo na rua é uma situação constrangedora suscetível a qualquer pessoa - ou ao menos era. Com o recém-lançado aplicativo Split, a esperança é que você nunca mais terá de esbarrar com alguém que você queira evitar.

Ao inverso dos aplicativos que conectam pessoas próximas umas das outras, ele funciona como uma espécie de radar de pessoas indesejadas. Para isso, basta selecionar os amigos das suas redes sociais que devem ser evitados e o app mostra onde eles estão a partir das informações de geolocalização do Facebook, Twitter, Instagram e Foursquare.

A ideia é fornecer um mapa que lhe permita planejar uma possível fuga. Ele ainda notifica em tempo real se alguém de sua “lista negra” confirmou presença em algum evento que você está ou pretende comparecer, através do Facebook. Outra funcionalidade é a “zona de perigo”: lista dos locais mais frequentados destas pessoas.

Em entrevista com o site TechCrunch, o fundador do aplicativo, Udi Dagan afirmou que teve a ideia após vivenciar diversas situações constrangedoras com suas ex-namoradas. “Eu encontrei duas ex-namoradas na mesma noite. Foi horrível.”

A ironia do aplicativo é que ele utiliza os serviços das redes sociais para deixar o usuário anti-social. “Temos muitas maneiras de encontrar nossos amigos usando aplicativos no smartphone ou conhecer quem está próximo, mas não temos nada que serve para o caso oposto. Ou seja, não temos serviços para aqueles momento em que queremos ficar sozinhos.”

Ainda de acordo com o TechCrunch, o aplicativo acabou de receber um aporte de US$ 1 milhão de investidores, incluindo o magnata da moda Chris Burch.

 

Carregando...