Mercado fechará em 4 h 55 min
  • BOVESPA

    114.077,54
    -985,00 (-0,86%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,94
    -0,67 (-0,92%)
     
  • OURO

    1.753,30
    -41,50 (-2,31%)
     
  • BTC-USD

    47.513,44
    -429,30 (-0,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.221,75
    -11,54 (-0,94%)
     
  • S&P500

    4.448,03
    -32,67 (-0,73%)
     
  • DOW JONES

    34.557,41
    -256,98 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.036,03
    +19,54 (+0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.388,25
    -115,75 (-0,75%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1829
    -0,0131 (-0,21%)
     

Aplicativo do Android Auto pode estar próximo do fim, mas essa é uma boa notícia

·2 minuto de leitura

O Android Auto é uma das melhores invenções para integrar celular a automóveis, já que permite acessar mensagens e recursos do seu telefone direto no painel do carro, sem perder o foco no trânsito. Para quem deseja, o Google também oferece a experiência do app diretamente no telefone, embora isso esteja prestes a mudar.

Com a chegada do Android 12, os desenvolvedores devem abolir o aplicativo Android Auto para focar no Assistant Driving Mode ("Modo de Assistente de Direção", em tradução livre), recurso nativo do sistema operacional. A ideia é oferecer ainda mais recursos com o Google Assistente para fazer com que o "ajudante" faça o serviço de integração no lugar de um app desajeitado.

O Modo de Direção do Google Assistente será o substituto do Android Auto (Imagem: Reprodução/9to5Google)
O Modo de Direção do Google Assistente será o substituto do Android Auto (Imagem: Reprodução/9to5Google)

Ninguém será prejudicado com a mudança, segundo o comunicado da companhia ao site 9to5Google, porque haverá apenas uma adaptação do que existe hoje. Quem acessa o Android Auto via aplicativo pode continuar com ele ou ser transferido diretamente para o modo de direção do Google Assistente, enquanto o usuário que migrar para o Android 12 terá esse recurso integrado.

Proprietários de telefones da linha Pixel, que executam o Android 12 de modo experimental, já haviam recebido uma notificação que informava sobre o fim do app para aparelhos móveis. O comunicado explica que serviço será mantido apenas para as telas de carros e convidava a pessoa a testar a nova experiência de direção.

Se você tem um dispositivo mais moderno, compatível com o futuro sistema do Google, talvez seja interessante dar uma chance para a nova proposta, que será otimizada a partir de agora. Já para os com celulares modestos, dá para continuar com o Android Auto até que seja possível migrar, sem haver grandes prejuízos no uso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos