Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.399,07
    -1.335,94 (-1,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,68
    -130,37 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,08
    +1,58 (+1,92%)
     
  • OURO

    1.795,00
    +13,10 (+0,74%)
     
  • BTC-USD

    61.112,55
    -1.656,48 (-2,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.458,35
    -44,69 (-2,97%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.332,00
    -146,75 (-0,95%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5571
    -0,0239 (-0,36%)
     

Aplicação da primera dose da vacina contra a Covid-19 chega a meninos e meninas de 12 anos nesta sexta-feira

·1 minuto de leitura

A vacinação contra Covid-19 no município do Rio chega ao público de 12 anos nesta sexta-feira, quando os postos atenderão meninos e meninas desta faixa etária, para a primeira dose, junto com os de 13. No sábado, os locais de vacinação farão a repescagem para que tem a partir 12 anos e ainda não se imunizou com a primeira aplicação.

Numa publicação nas redes sociais, o prefeito Eduardo Paes, convocou esse público para comparecer aos postos: "Bora acelerar a vacina da nolecada! Amanhã tem 12 anos também. Meninos e meninas. E sábado tem repescagem! Bora vacinar!!!!"

A Secretaria Municipal de Saúde também fez uma convocação desse público nas redes sociais. Com o título "Deu a louca no zé Gotta" diz que a campanha ganha força total no sábado, quando todos com 12 anos ou mais poderão garantir a primeira dose. "É vacina para todo mundo e fim do calendário de primeira dose por idade. As unidades vão funcionar das 8h às 17h nos dois dias", informa.

A prefeitura do Rio reiniciou a vacinação dos adolescentes na última quarta-feira, após o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiir na terça-feira que cabe a estados e municípios resolver se vão promover a imunização de jovens maiores de 12 anos contra a covid-19.

— Nós vamos continuar (a vacinar os adolescentes), aliás o ministro (do STF, Ricardo) Lewandowski tomou agora à noite a decisão de que compete aos municípios vacinar os adolescentes ou não e aqui no Rio nós vamos continuar vacinando, como já havíamos previsto — disse na ocasião.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos