Mercado fechará em 1 h 34 min
  • BOVESPA

    130.040,86
    -167,10 (-0,13%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.880,88
    -148,66 (-0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,12
    +1,24 (+1,75%)
     
  • OURO

    1.858,70
    -7,20 (-0,39%)
     
  • BTC-USD

    41.247,83
    +1.093,68 (+2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.023,72
    +13,11 (+1,30%)
     
  • S&P500

    4.248,98
    -6,17 (-0,14%)
     
  • DOW JONES

    34.317,75
    -76,00 (-0,22%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.441,30
    +279,50 (+0,96%)
     
  • NASDAQ

    14.030,50
    -94,25 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1290
    -0,0025 (-0,04%)
     

Apesar da polêmica de nova política, WhatsApp supera os rivais em número de downloads

·2 minuto de leitura
Apesar da polêmica de nova política, WhatsApp supera os rivais em número de downloads
Apesar da polêmica de nova política, WhatsApp supera os rivais em número de downloads

No começo de 2021, a plataforma de mensagens mais popular entre os usuários causou polêmica ao apresentar a sua nova mudança de política de privacidade. O WhatsApp chegou até a atrasar a atualização por conta da repercussão, porém, começa a valer a partir de amanhã (15).

Os usuários tiveram problemas com a ideia porque isso levará o WhatsApp a compartilhar dados com outros aplicativos do Facebook. A indignação e insatisfação fez com que algumas pessoas experimentassem uma nova alternativa para conversar por mensagens.

Segundo dados da empresa de análise SensorTower, os downloads do aplicativo Signal cresceram quase 1.200% durante o primeiro trimestre de 2021. O mesmo fenômeno aconteceu com os downloads do Telegram no mesmo período, o aplicativo registrou 161 milhões de instalações.

Celular com logo do Telegram
Telegram Créditos: Shutterstock

Além desses dois aplicativos, outras plataformas ganharam preferência do público com protocolos experimentais, como o Element e Session. Porém, nada disso fez com que o WhatsApp parasse mesmo de crescer. Os dados do SensorTower indicam que as instalações do aplicativo caíram 43% no comparativo anual para o período de janeiro a abril, mas que ainda conseguiu superar todos os seus rivais com 172,3 milhões de downloads.

Na semana passada, o Facebook disse ao TechCrunch que a maioria dos usuários aceitou a nova política de privacidade e por isso o aplicativo continua a crescer.

Leia mais:

Fonte: The Next Web

Veja o que acontece caso você não aceite novas regras do WhatsApp

No próximo sábado acaba o prazo para os usuários do WhatsApp decidirem se aceitam ou não os novos e polêmicos termos de uso da plataforma.

A nova política de privacidade diz respeito ao compartilhamento de dados do mensageiro com o Facebook.

Mas a questão é: o que acontece se eu não aceitar os novos termos de uso do WhatsApp? Bom, primeiramente, a plataforma informou que nenhuma conta será removida.

Apesar de não ter a conta apagada, inicialmente, o usuário vai ter alguns recursos reduzidos, por exemplo, ele não vai mais poder acessar a lista de conversas e apenas vai poder responder mensagens ou atender chamadas após o recebimento notificações.

Para saber mais, acesse a reportagem no Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!