Mercado fechado

Apesar da cautela no exterior, Ibovespa passa por ajuste pós-feriado e sobe

Ana Carolina Neira

Investidores acompanham conversas sobre comércio entre EUA e China Mesmo com os investidores estrangeiros ainda cautelosos diante dos impasses envolvendo o acordo comercial entre China e Estados Unidos, o Ibovespa encontra espaço para subir nesta quinta-feira. Às 10h51, o índice avançava 0,43%, aos 106.315 pontos.

O movimento é, principalmente, um ajuste técnico, já que o mercado ficou fechado na quarta-feira por causa do feriado do Dia da Consciência Negra. No pregão de terça, o Ibovespa tinha encerrado em queda de 0,38%, aos 105.864 pontos, e um giro financeiro fraco de R$ 10,1 bilhões, bastante penalizado pelo cenário internacional.

Lorenzo Cafaro/Pixabay

"O que move o índice nessa abertura é uma questão técnica. Existe espaço para ajuste. Mas o que vai determinar os rumos do pregão de hoje ainda é a questão comercial e como o mercado americano vai se comportar", calcula Adriano Cantreva, sócio da Portofino Investimentos. Para ele, o dia ainda pode trazer certa volatilidade aos índices globais, dado que ainda há muitas informações desencontradas em torno do tema.

Entre os papéis em alta, estavam CVC ON (3,10%) e Azul PN (1,60%). No campo negativo, apareciam Marfrig ON (-1,77%) e Cogna ON (-1,12%).